Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Governo Federal investe em Inovação tecnológica no Nordeste

Projetos de tecnologia e educação avançada no Nordeste

Governo investe em inovação e tecnologia no Nordeste
(Foto: Instituto Tecnológico de Aeronáutica/Divulgação)

O Governo Federal está investindo em Inovação tecnológica no Nordeste brasileiro, abrangendo estados como Ceará, Bahia e Pernambuco. Uma das iniciativas é a criação de um campus do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em Fortaleza, Ceará. A decisão se baseia no fato de que 40% dos aprovados no ITA são oriundos do estado. Em uma visita de autoridades ao Instituto em outubro de 2023, o reitor do ITA, Anderson Ribeiro, destacou a importância da nova unidade.

“Vejo a criação de um campus avançado do ITA em Fortaleza como uma oportunidade de aumentarmos o impacto positivo da educação para a sociedade brasileira, especificamente no Ceará e em todo o Nordeste. A região tem foco no desenvolvimento de energias renováveis, e pretendemos criar cursos de graduação, mestrado e doutorado nestes temas, trabalhando em conjunto com universidades e empresas locais,” afirmou Ribeiro.

Estiveram presentes o governador do Ceará, Elmano de Freitas, e os ministros da Educação e da Defesa, Camilo Santana e José Múcio Monteiro.

Semicondutores e Centro Aeroespacial na Bahia

Outro projeto é a instalação de uma unidade do Ceitec na base aérea de Salvador, Bahia. O Ceitec é o único fabricante de microchips do país. O Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada tem sede em Porto Alegre e foi salvo da liquidação pela atual gestão. Em novembro de 2023, o Ceitec retomou suas operações. O reinício faz parte do programa Semicondutores RS do governo estadual. O governo destinará mais de R$ 70 milhões em investimentos no setor até 2026.

Publicidade

Em 31 de outubro de 2023, o Ministério da Defesa firmou uma parceria com o Governo da Bahia e o Senai-Cimatec. A parceria visa estudar a criação de um Centro Aeroespacial na Base Aérea de Salvador. Na ocasião, o ministro José Múcio destacou a relevância dessa colaboração. Ele ressaltou a contribuição histórica da Bahia e a evolução do Senai em pesquisa e inovação. Múcio também enfatizou o papel das Forças Armadas na geração de oportunidades para a população.

Formação militar em Pernambuco

Em Pernambuco, o Governo Federal planeja implantar a Escola de Sargentos do Exército e um Complexo Militar em Abreu e Lima. Segundo Jamildo, os projetos podem movimentar R$ 200 milhões na economia pernambucana somente com folha salarial. A iniciativa reunirá 10 mil pessoas entre alunos, professores, pessoal de apoio e familiares. O ministro da Defesa comparou a importância do projeto com a da Academia Militar das Agulhas Negras, no Rio de Janeiro.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado