Cultivo de lúpulo nacional revoluciona cervejaria artesanal

cultivo de lúpulo
(Foto: Renato Linhares/Embrapa).

A indústria cervejeira brasileira, tradicionalmente dependente de importações para obter lúpulo, está testemunhando uma transformação. O cultivo deste ingrediente, conhecido por conferir amargor e aroma característicos à cerveja, está ganhando terreno no país, com um crescimento notável na produção local. Este avanço é particularmente visível no Rio de Janeiro, onde a área de cultivo aumentou mais de 400%, demonstrando o potencial latente do Brasil neste setor.

Em 2023, a produção brasileira de lúpulo atingiu um recorde, com 88 toneladas colhidas, marcando um aumento de 203% em relação ao ano anterior. Esse crescimento é distribuído por 13 estados, com destaque para Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais. Ainda assim, a maioria do lúpulo utilizado pelas cervejarias nacionais vem de países como os EUA e Alemanha, líderes globais na produção deste insumo.

A produção local, embora promissora, enfrenta obstáculos, principalmente devido à necessidade de padronização exigida pelas grandes cervejarias. No entanto, a perspectiva é diferente para as cervejarias artesanais, que veem no lúpulo nacional uma oportunidade de inovar e criar produtos únicos. A cervejaria Juan Caloto, por exemplo, ganhou um prêmio em 2023 da Associação Brasileira das Cervejarias Artesanais (Abracerva) como a melhor cerveja lupulada da Região Sudeste, feita inteiramente com lúpulo brasileiro.

Investimentos e inovações

Empresas como o Grupo Petrópolis, dona de marcas como Itaipava, Petra e Cacildis, estão liderando o caminho ao investir no cultivo próprio de lúpulo, com plantações em Teresópolis e Uberaba. Essas iniciativas não apenas reduzem a dependência de insumos importados, mas também abrem caminho para a criação de cervejas especiais, destacando-se no mercado.

(Foto: Missy Fant/Unsplash).

O futuro do lúpulo nacional

A adaptação e inovação no cultivo de lúpulo no Brasil têm o potencial de transformar a indústria cervejeira nacional. Com condições climáticas que permitem até três safras por ano e técnicas avançadas, como a suplementação luminosa, o país está no caminho certo para se estabelecer como grande produtor de lúpulo.

O crescimento da produção de lúpulo no Brasil vai além de um simples aumento nas estatísticas agrícolas. Ele indica uma indústria cervejeira em evolução, pronta para explorar novos horizontes e criar cervejas que refletem a diversidade e a riqueza do território brasileiro.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado