Quem era Sebastián Piñera – fortuna bilionária e ligação com a Latam

Sebastián Piñera, fala à imprensa, no Palácio do Planalto, em Brasília em 2018. Na época, ele era presidente do Chile e discursou durante a visita ao Brasil.

O ex-presidente do Chile, Sebastián Piñera, faleceu em um acidente aéreo na última terça-feira (6), quando o helicóptero que ele estava sobrevoando a zona rural de Ilihue, na região de Los Ríos, caiu. O acidente ocorreu por volta das 14h57, no Lago Ranco. Piñera estava retornando de um almoço na casa do empresário José Cox quando a tragédia aconteceu. Resgataram três outras pessoas que estavam a bordo da aeronave com ferimentos.

As autoridades relataram que as condições meteorológicas na região eram desfavoráveis, com forte chuva no momento do acidente. Embora ainda não tenham confirmado a identidade dos outros ocupantes, divulgaram que eles sobreviveram ao pularem do helicóptero antes da queda.

Figura política
Michel Temer, ex-presidente do Brasil e Sebastián Piñera, ex-presidente do Chile. A foco ocorreu em 2018 durante visita de Temer em Viña del Mar, no Chile(Foto: Beto Barata/PR)

Sebastián Piñera, de 74 anos, foi presidente do Chile por dois mandatos: de 2010 a 2014 e de 2018 a 2022. Além da carreira política, Piñera era um empresário bilionário no país, conhecido principalmente pela associação com a Lan Chile, que mais tarde se tornou a Latam.

Fortuna e atuação

Piñera construiu uma fortuna, avaliada em US$ 2,7 bilhões pela Forbes, por meio de diversos investimentos, que incluíam desde companhias aéreas até empreendimentos imobiliários e participações no setor bancário. Ele iniciou a jornada empresarial fundando a primeira empresa, a Constructora Toltén, após receber um pagamento por consultoria em contas nacionais.

Piñera também teve participação no setor bancário, incluindo a associação com o Banco de Talca e posteriormente com o Citicorp. Além disso, ele expandiu os investimentos para áreas como aviação, telecomunicações e mídia, adquirindo participações em empresas, como LAN Chile (agora Latam), Entel e Chilevisión.

Apesar do sucesso empresarial, Piñera enfrentou controvérsias na carreira, incluindo uma condenação por fraude relacionada ao Banco Talca em 1982. Ele fugiu da justiça por 24 dias antes de recorrer da decisão, que posteriormente anularam.

Legado político

Piñera iniciou a carreira política como senador em 1990 e posteriormente conquistou a presidência em 2010, liderando o Chile em meio a desafios como o terremoto devastador de 2010 e o resgate dos mineiros de Copiapó. O governo dele enfrentou críticas, especialmente relacionadas aos protestos estudantis e questões socioeconômicas.

A morte de Sebastián Piñera marca o fim de uma era tanto na política quanto nos negócios do Chile. Ele abrangeu diversas áreas com sua influência, deixando um legado complexo que os anos vindouros analisarão e debaterão.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado