Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Bitcoin alcança marca de US$ 1 trilhão novamente

(Foto: Karolina Grabowska/Pexels)

Na quarta-feira, o Bitcoin marcou um feito ao retornar ao seleto grupo de ativos avaliados em mais de US$ 1 trilhão, incluindo gigantes como Microsoft e Apple, além de metais preciosos como ouro e prata. Este marco foi atingido quando a criptomoeda alcançou o valor de US$ 51.500, impulsionada por um mercado em constante evolução.

Cálculo do Valor de Mercado

A determinação do valor de mercado do Bitcoin segue uma fórmula direta: a multiplicação do número total de moedas em circulação, neste caso, 19,6 milhões, pelo preço atual, que é de US$ 51.500. Esse cálculo resulta em um valor de mercado superior a US$ 1 trilhão, reafirmando sua importância no cenário financeiro global.

Perspectivas de Crescimento

André Franco, chefe de pesquisa do MB, observa que superar a barreira dos US$ 51 mil abre caminho para novas altas, potencialmente ultrapassando os US$ 60 mil. A ausência de resistências significativas após esse patamar sugere um potencial de crescimento ainda maior para a criptomoeda.

conteúdo patrocinado

Influência do ETF na Trajetória do Bitcoin

A trajetória de valorização do Bitcoin também pode ser influenciada pela entrada de fluxos de ETF (Exchange-Traded Funds). Essa variável, segundo Franco, é crucial para determinar se a tendência de alta continuará no curto prazo, considerando a falta de suportes e resistências claros nesse novo patamar de preço.

Relembrando 2021

Voltando a fevereiro de 2021, o Bitcoin já havia alcançado esse patamar de US$ 1 trilhão, marcando um recorde e desafiando as previsões de analistas que viam na criptomoeda uma anomalia econômica. Naquele período, a moeda digital experimentou uma valorização semanal superior a 11%, impulsionada pela crescente aceitação entre investidores e empresas de renome, como Tesla, Mastercard e BNY Mellon.

O retorno do Bitcoin ao status de ativo de US$ 1 trilhão não só reitera sua resiliência e apelo entre investidores, mas também destaca o papel emergente dos ETFs na definição de sua trajetória futura. Com o mercado atento às próximas movimentações, o potencial de alta da criptomoeda permanece um tópico de interesse e especulação.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado