Pesquisar
Close this search box.

Cai produção de soja em cidade paulista

Queda na produção de soja. (Foto: James Baltz/Unsplash)
Queda na produção de soja. (Foto: James Baltz/Unsplash)

Em Itapeva, importante município produtor de soja no estado de São Paulo, produtores enfrentam um cenário desafiador devido a um clima adverso. As lavouras sofreram com temperaturas que chegaram a atingir 40°C e uma distribuição tardia das chuvas ao final do ciclo, condições que prejudicaram significativamente o crescimento do grão, ocasionando a queda na produção da commodity.

Relato de um produtor

Silvio Langleberto Malutta, produtor local, viu suas expectativas de produção serem drasticamente reduzidas. Após uma safra anterior com uma produtividade média de 75 sacas por hectare, Malutta projeta, para a atual safra, uma produção máxima de apenas 50 sacas por hectare, evidenciando o impacto severo do calor intenso e da irregularidade das chuvas.

Variação da área e produtividade

A área plantada com soja em Itapeva aumentou ligeiramente de 88 para 90 mil hectares da safra 2022/23 para a atual. No entanto, a produtividade média, que historicamente variava entre 65 e 68 sacas por hectare, enfrenta uma expectativa de queda devido às condições climáticas desfavoráveis.

Revisão de contratos

A queda na produção de soja e a projeção pessimista da safra tem motivado produtores na região a revisarem seus contratos de arrendamento, segundo Nestor Renato de Oliveira, vice-presidente do Sindicato Rural do município. Esta medida reflete a busca por ajustes diante da expectativa de menores rendimentos.

Perspectiva nacional e impacto regional

Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revelam que, em comparação com a safra anterior, houve queda na produção de soja em diversas regiões: 11% no Centro-Oeste, 8% no Sudeste, 7% no Nordeste e 5% no Norte. Por outro lado, o Sul registrou um aumento de 20% no potencial produtivo. A Conab ajustou a previsão de colheita nacional de 162 milhões de toneladas para 149,4 milhões de toneladas para a temporada atual, marcando uma queda de 3,4% em relação ao ciclo 2022/23.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado