Pesquisar
Close this search box.

Qual o custo da recarga de um carro elétrico em casa?

custo da recarga do carro elétrico em casa
(Foto: Evnex Ltd/Unsplash).

A expansão do mercado de carros elétricos no Brasil traz uma nova dinâmica para o consumo e os custos associados à mobilidade urbana. Com a promessa de redução de gastos em comparação com os combustíveis fósseis, os veículos elétricos ganham espaço entre os consumidores que buscam alternativas mais econômicas e sustentáveis. No entanto, muitos ainda se questionam sobre o custo de recarga desses veículos em casa.

A eficiência energética dos veículos elétricos supera a dos modelos a combustão. Por exemplo, o custo para recarregar um carro elétrico com autonomia de 300 km em São Paulo é de aproximadamente R$ 40. Este valor pode alterar-se de acordo com a tarifa de energia de cada região, além de variar conforme o modelo do carro e a capacidade de sua bateria.

O diretor do Grupo de Infraestrutura da ABVE, Carlos Roma, forneceu uma estimativa para o custo de recarga do BYD Dolphin, o modelo elétrico mais vendido no Brasil. Considerando um preço de R$ 1 por kWh, a recarga completa da bateria de 44,9 kWh custaria cerca de R$ 45. Esta bateria permite uma autonomia de 291 km, valor consideravelmente mais econômico quando comparado ao custo para percorrer a mesma distância com o Renault Kwid, veículo a combustão mais eficiente do mercado brasileiro, que seria de R$ 106.

Importante notar que a prática mais comum entre os usuários de veículos elétricos é realizar recargas parciais, mantendo o nível da bateria entre 20% e 80% de sua capacidade. Isso otimiza a vida útil da bateria e reduz o tempo de carregamento necessário. Para o BYD Dolphin, por exemplo, o tempo de carregamento para elevar a bateria de 30% a 80% varia de 3,5 horas a 7 horas, dependendo da potência do carregador utilizado.

Outro aspecto relevante é o custo da oportunidade relacionado ao uso de carregadores rápidos públicos, que, embora mais velozes, representam um custo maior. Além disso, a possibilidade de reduzir drasticamente os custos de energia por meio da instalação de sistemas de captação de energia solar representa uma alternativa atraente, embora sujeita às condições geográficas e climáticas de cada região.

Com a evolução tecnológica e a maior oferta de veículos elétricos no mercado brasileiro, espera-se que os custos de recarga se tornem cada vez mais acessíveis, incentivando uma transição mais ampla para a mobilidade elétrica. Este cenário não apenas favorece o bolso do consumidor, como também contribui para a redução do impacto ambiental, alinhando-se às tendências globais de sustentabilidade.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado