Pesquisar
Close this search box.

Imposto de renda: veja como se proteger de sites e apps falsos

imposto de renda
(Foto: Juca Varella/Agência Brasil)

Com o início do prazo para a declaração do Imposto de Renda de 2024, a Receita Federal emitiu um alerta importante aos contribuintes sobre o aumento no risco de golpes cibernéticos. Sites e aplicativos fraudulentos prometendo facilitar o processo de declaração podem, na realidade, ser uma armadilha para acessar dados sensíveis dos usuários.

Diante deste cenário, é fundamental que os contribuintes sigam orientações específicas para garantir sua segurança online. A primeira recomendação é utilizar somente o aplicativo oficial da Receita Federal para Android e iOS, disponível para download no site do órgão. Este passo assegura que os dados pessoais e financeiros serão manuseados em um ambiente seguro e confiável.

Além disso, especialistas em cibersegurança, como Fabio Assolini da Kaspersky, uma empresa tecnologica especializada em segurança cibernética, reforçam a importância de adotar práticas seguras na internet. Entre as medidas sugeridas estão:

  • Evitar a declaração do IR por meio de sites encontrados em buscadores ou downloads de fontes não oficiais, pois podem ser portais falsos.
  • Desconfiar de links ou arquivos recebidos por desconhecidos, optando por acessar endereços manualmente através do navegador.
  • Nunca compartilhar informações confidenciais solicitadas por meios suspeitos, pois a Receita Federal não requer dados como logins, senhas ou informações bancárias de forma direta.
  • Utilizar softwares antivírus de confiança, que ofereçam proteção em tempo real contra links maliciosos e a instalação de malwares.

Para uma camada extra de proteção, é aconselhável o uso de soluções de segurança avançadas, especialmente em operações financeiras online. Recursos como o software de proteção de transações, Safe Money, por exemplo, garantem transações seguras, protegendo as informações contra possíveis ataques virtuais.

As declarações do Imposto de Renda 2024 começararam a ser entregues no dia15 de março e vão até o dia 31 de maio, conforme estabelecido pela Receita Federal. No total, são 77 dias para preencher e enviar toda a documentação.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado