Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Saiba quais são as 5 multas de trânsito mais caras do Brasil

multas de trânsito
(Foto: Mauro Sbicego/Unsplash).

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) classifica as infrações em leves, médias, graves e gravíssimas, estabelecendo multas e pontos na Carteira Nacional de Trânsito (CNH) baseados na gravidade. No entanto, algumas infrações gravíssimas estão sujeitas a fatores multiplicadores, aumentando o valor das multas.

Como os multiplicadores afetam as multas?

O CTB prevê que infrações gravíssimas podem ser multiplicadas, elevando o custo das penalidades. A seguir, detalhamos as multas mais altas, ordenadas do menor ao maior valor.

Diante disso, confira as cinco multas mais caras no trânsito brasileiro.

conteúdo patrocinado

5º lugar: Dirigir sob influência de álcool – R$ 2.934,70

O valor para quem é flagrado dirigindo após consumir bebida alcoólica ou substâncias psicoativas é de R$ 2.934,70, devido ao fator multiplicador de 10. A penalidade inclui a suspensão do direito de dirigir e a retenção do veículo. Se o teste do bafômetro indicar 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, o condutor poderá ser preso por crime de trânsito, com reclusão de seis meses a três anos.

4º lugar: Participar de racha – R$ 2.934,70

Organizar ou participar de corridas ilegais em vias públicas resulta em multa de R$ 2.934,70. Além da multa, o envolvido pode ser preso, perder o veículo e ter o direito de dirigir suspenso.

3º lugar: Realizar manobras perigosas – R$ 2.934,70

Executar manobras como drift ou zerinho em vias públicas implica uma multa de R$ 2.934,70, com suspensão do direito de dirigir por 2 a 8 meses e apreensão do veículo.

2º lugar: Restringir circulação de uma via – R$ 5.869,40

A perturbação ou restrição da circulação em uma via sem autorização resulta em multa de R$ 5.869,40, com aplicação do fator multiplicador de 20 e recolhimento do veículo.

1º lugar: Organizar a interrupção de vias sem autorização – R$ 17.608,20

O ato de organizar bloqueios em vias públicas sem autorização eleva a multa para R$ 17.608,20, devido ao fator multiplicador de 60. Todos os veículos envolvidos são guinchados.

As multas por infrações de trânsito no Brasil podem atingir valores muito elevados, especialmente quando envolvem fatores multiplicadores aplicados a infrações gravíssimas. Essas sanções visam desencorajar comportamentos perigosos nas vias públicas, ressaltando a importância de seguir as leis de trânsito para garantir a segurança de todos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado