Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Vale atinge 100% de consumo de energia renovável no Brasil

energia renovável da Vale
(Foto: Vale/Divulgação)

A mineradora Vale (VALE3) atingiu um importante marco em suas operações no Brasil, ao alcançar 100% de consumo de energia proveniente de fontes renováveis no ano passado, como parte de seu compromisso com a sustentabilidade e redução das emissões de carbono.

Energia limpa e sustentabilidade

Em um movimento pioneiro no setor de mineração, a Vale conseguiu substituir completamente a energia elétrica de suas operações no Brasil por fontes renováveis, como hidrelétrica, eólica e solar. Este feito foi alcançado dois anos antes do prazo inicialmente estabelecido para 2025, destacando o compromisso da empresa com práticas ambientalmente responsáveis.

Rumo ao consumo global sustentável

Enquanto celebra este marco no Brasil, a Vale está agora focada em replicar esse sucesso em suas operações globais, com o objetivo de alcançar 100% de consumo de energia renovável em todo o mundo até 2030. Atualmente, o indicador global de consumo de energia renovável da empresa é de 88,5%.

conteúdo patrocinado

Implicações ambientais

Atingir 100% de consumo de energia renovável tem implicações importantes para a redução das emissões de CO2 indiretas da Vale, conhecidas como escopo dois. Este avanço contribui diretamente para a meta ambiental mais ampla de neutralidade de carbono e reforça a posição da Vale como líder em práticas de sustentabilidade no setor de mineração.

Compromisso de longo prazo com o planeta

A iniciativa de energia renovável da Vale é um exemplo do compromisso da mineradora com o desenvolvimento sustentável e com a redução do impacto ambiental de suas operações. A empresa continua a explorar e investir em tecnologias e recursos que promovem a eficiência energética e a sustentabilidade em todas as suas áreas de atuação.

Dez empresas são responsáveis por emitir metade do CO2 global

Um novo estudo realizado pelo InfluenceMap e baseado no banco de dados Carbon Majors revelou que apenas dez empresas, predominantes nos setores de petróleo, gás, carvão e cimento, são responsáveis por mais da metade das emissões globais de dióxido de carbono (CO₂) desde 2016. Este dado alarmante destaca o papel que as grandes corporações desempenham nas mudanças climáticas globais. Confira quais são as 10 empresas clicando aqui.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado