Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Kanye West está vendendo mansão por US$ 39 milhões

Kanye West
(Foto: Reprodução/X)

Inicialmente listada por um valor equivalente a cerca de R$ 270 milhões, a mansão à beira-mar de Kanye West agora está à venda por aproximadamente R$ 200 milhões. Este desconto de R$ 70 milhões foi noticiado recentemente e sugere um esforço do rapper para acelerar a venda da propriedade.

Reforma inacabada

Um dos principais fatores que podem ter influenciado o corte no preço da mansão é uma reforma inacabada. Segundo o site de venda de imóveis Realtor.com, a casa necessita de obras  para restaurar os interiores, já que todos os acabamentos internos foram removidos.

Design e localização

Desenhada pelo renomado arquiteto japonês Tadao Ando em 2013 e adquirida por Kanye West em 2021, a residência destaca-se pelo seu estilo minimalista e uso intensivo de concreto. Localizada em Malibu, a propriedade oferece acesso direto à praia e contempla três andares em um lote de 370 metros quadrados.

conteúdo patrocinado
Kanye West
(Foto: The Oppenheim Group/Roger Davies)

Mistério e controvérsias envolvendo a venda

As razões por trás da venda da mansão de Kanye West ainda são incertas. Uma das teorias é que Kanye e a propriedade estão envolvidos em um litígio com um ex-gerente da reforma, que alega condições de trabalho extenuantes. Adicionalmente, após declarações controversas e o término de parcerias como Adidas e Gap, a situação financeira de Kanye pode ter sido um fator na decisão de vender a propriedade.

Consequências financeiras para Kanye

A Forbes US relatou uma queda no patrimônio líquido de Kanye West, de US$ 1,5 bilhão para US$ 400 milhões, após a perda das parcerias mencionadas, o que pode ter intensificado a necessidade de liquidez por parte do artista.

Polêmicas envolvendo o rapper

Kanye West já foi criticado por fazer comentários antissemitas, elogiar Adolf Hilter, fazer menções ao Ku Klux Klan e apoiar o ex-presidente Donald Trump —nesse último caso, o rapper voltou atrás depois de contrair Covid-19.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado