Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Queda na demanda de seguros de automóvel em março

Setor automotivo - veículos
(Imagem: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

Em março de 2024, o setor de seguros de automóveis no Brasil enfrentou uma queda de demanda por seguros, com uma redução de 7,98% em relação a março de 2023, conforme dados do Índice Neurotech de Demanda por Seguros (INDS). Esse declínio marca o primeiro recuo no ano corrente, após um início de ano promissor.

Cenário Regional e Comparativo Anual

No que diz respeito à distribuição geográfica, a região Sudeste foi a mais impactada, registrando uma redução de 11,72% na demanda. Seguem-se o Centro-oeste com uma queda de 4,74%, o Sul com 3,63%, o Norte com 1,68% e o Nordeste com o menor recuo, de 0,91%. Esses números refletem uma tendência uniforme de decréscimo em todas as regiões do país.

Relação com as Vendas de Veículos

Este recuo no interesse por seguros acompanha a diminuição nas vendas de veículos novos. Em março, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) apontou uma queda de 5,6% nos emplacamentos de automóveis e comerciais leves, comparando-se ao mesmo mês do ano anterior. Daniel Gusson, head comercial de Seguros da Neurotech, observa que, apesar da queda ser notável, as seguradoras não devem se preocupar excessivamente, pois os meses de janeiro e fevereiro de 2024 haviam registrado aumentos de 11% e 18%, respectivamente.

conteúdo patrocinado

Demanda por Faixa Etária

A queda de demanda por seguros foi mais significativa entre os adultos de 40 a 59 anos, que viram uma redução de 8,66%. A faixa de 25 a 39 anos apresentou uma queda de 8,09%. Jovens de 18 a 25 anos e adultos com 60 anos ou mais tiveram quedas menores, de 7,59% e 5,37%, respectivamente. Curiosamente, esses dois últimos grupos foram os únicos que apresentaram crescimento na comparação mensal, com aumentos de 2,79% e 2,93% em março em relação a fevereiro de 2024.

Contexto do INDS e Atuação da Neurotech

O INDS é uma ferramenta estratégica para as principais seguradoras brasileiras, pois mede a intenção de segurar automóveis no país. Apesar de milhões de consultas serem registradas mensalmente, nem todas se convertem em apólices contratadas. Fatores como perfil do solicitante, apetite ao risco da seguradora e indícios de fraude influenciam esse processo.

A Neurotech, pioneira em soluções de inteligência artificial aplicadas a seguros e crédito, oferece tecnologias avançadas de Machine Learning e Big Data. A empresa B3 especialista transforma dados dispersos em informações relevantes, potencializando novas oportunidades de negócio e resultados significativos para as empresas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado