Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Tupy tem queda de 23,1% no lucro do 1º trimestre

Tupy
(Imagem: divulgação/Tupy)

A Tupy (TUPY3) anunciou um lucro líquido de R$ 112 milhões para o primeiro trimestre de 2024, uma redução de 23,1% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Assim, a queda reflete as condições adversas no ambiente operacional, incluindo um volume de vendas reduzido e condições cambiais desfavoráveis.

Apesar da queda no lucro, a empresa reportou um Ebitda de R$ 308 milhões, apenas 2% abaixo do registrado no primeiro trimestre de 2023. A margem Ebitda, no entanto, mostrou melhoria, subindo de 11,2% para 11,9%, impulsionada por ganhos de eficiência e redução de custos. Essas medidas ajudaram a compensar a diminuição nos volumes de venda e a valorização do Real e do Peso Mexicano.

Contudo, a receita líquida consolidada da Tupy foi de R$ 2,6 bilhões, uma queda de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior. A valorização de 5% do Real em relação ao Dólar impactou negativamente as receitas em moeda estrangeira, que correspondem a 64% do faturamento total da empresa. A queda também foi influenciada pela redução nos volumes físicos de venda.

conteúdo patrocinado
Caixa operacional 

No entanto, a Tupy destacou uma forte geração de caixa operacional, alcançando R$ 121 milhões, o valor mais alto para um primeiro trimestre na história da empresa. O resultado se deve à eficaz gestão do capital de giro e otimização de ativos.

Os segmentos de negócio da empresa apresentaram resultados mistos. O segmento de Componentes Estruturais e Contratos de Manufatura registrou um aumento de 13,7% na receita no mercado interno. Por outro lado, o segmento de Energia e Descarbonização teve uma queda de 15% devido à redução nas vendas de motores, principalmente no setor agrícola. Além disso, o segmento de Distribuição sofreu uma redução de 12,1% nas receitas, impactado pela implementação de um novo software de gestão de armazéns e pela diminuição no volume de construção industrial

Veja também: 

A administração da Tupy reconhece o cenário econômico ainda desafiador, mas permanece focada na geração de caixa e na eficiência operacional para enfrentar as adversidades do mercado. A empresa continua avançando na execução da agenda estratégica, visando a diversificação e a eficiência, com expectativas de melhorias nos resultados nos próximos trimestres.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado