Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Polishop consegue aprovação para recuperação judicial

Dívidas de R$ 395,6 milhões congeladas por 180 dias

Polishop
(Imagem: divulgação/Polishop)

A Justiça de São Paulo aprovou nesta segunda-feira (20), o pedido de recuperação judicial da Polishop, segundo informações do jornal Valor Econômico. A rede varejista, fundada em 1999 pelo empresário João Appolinário, enfrentou problemas financeiros nos últimos anos, agravados pela pandemia.

João Appolinário criou a Polishop em 1999, e, no auge, a empresa contava com cerca de 250 lojas em todo o Brasil. No entanto, a pandemia trouxe dificuldades financeiras, principalmente relacionadas ao pagamento de aluguéis em shoppings, reduzindo o número de lojas para cerca de 54.

No último dia 17, a Polishop apresentou o pedido de recuperação judicial à 2ª Vara de Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo. A empresa alegou dívidas estimadas em R$ 395,6 milhões.

Publicidade
Processo de recuperação

Com a aprovação do processo, a Polishop terá as dívidas congeladas por 180 dias. Durante esse período, a empresa deve preparar e apresentar, em até 60 dias, um plano de reestruturação e de pagamento de credores.

O plano de recuperação judicial é importante para a Polishop estabilizar as finanças e manter as operações. Por fim, a empresa agora trabalha para desenvolver estratégias eficazes de reestruturação, visando a sustentabilidade e continuidade dos negócios.

Leia mais:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado