Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Oakberry capta R$ 100 milhões para expansão internacional

Investimento impulsiona recompra de franquias

Expansão internacional da Oakberry. (Imagem: Divulgação/Fluminense FC)
Expansão internacional da Oakberry. (Imagem: Divulgação/Fluminense FC)

A Oakberry está captando R$ 100 milhões com a Moriah Asset. A empresa de investimentos de Fabiano Zettel é focada no setor de wellness, isto é, bem-estar. Este investimento, portanto, visa recomprar franquias e incentivar a expansão internacional da Oakberry.

Rodada de investimentos

Em dezembro do ano passado, a Oakberry captou R$ 325 milhões com o BTG Pactual. A capitalização atual é uma extensão dessa rodada. O BTG investiu entre primária e secundária, e agora a Moriah Asset segue a mesma estrutura. Todavia, o fundo de José Carlos Semenzato, SMZTO, que investiu na Oakberry em 2019, está saindo da operação.

Expansão internacional da Oakberry: estratégia de recompra

A Oakberry usará os recursos para comprar o controle de algumas de suas masters franquias fora do Brasil. A companhia começará pela Austrália, Espanha e Portugal. Segundo Georgios Frangulis, fundador e CEO, os mercados dos Emirados Árabes e do Catar serão os próximos. O controle do master franqueado será comprado, mas ele permanecerá como sócio.

Publicidade

Nesse sentido, parte dos recursos será usada para abrir lojas próprias nos Estados Unidos, incluindo Nova York e Los Angeles. Atualmente, a Oakberry tem 50 lojas próprias de um total de 770.

“Nossa ideia é comprar os mercados onde já estamos consolidados e nos quais entramos há 5 ou 6 anos. Com isso, vamos poder consolidar os resultados no nosso balanço, mas não vamos ter a alocação de G&A nesses países”, diz Frangulis.

Leia também:

BTG aporta R$ 325 milhões na Oakberry para expansão

Internacionalização bem-sucedida

A Oakberry, fundada há seis anos, já é mais internacional do que brasileira. A empresa está em 50 países. Além disso, a operação internacional representa 75% do faturamento e 80% do EBITDA. Este ano, a Oakberry projeta faturar R$ 800 milhões e ter 880 lojas até o final do ano. Em 2025, a meta é alcançar um GMV de R$ 1,2 bilhão, com 1.200 lojas em operação.

Histórico e diferenciação

A internacionalização da Oakberry começou em 2018, nos Estados Unidos. Nesse sentido, a empresa investiu na marca e em campanhas de marketing na Fórmula 1, tênis e no Super Bowl. Frangulis destaca que, ao contrário de outras empresas, a Oakberry não se concentrou em supermercados, que têm margens mais difíceis. No Brasil, entrou nos supermercados apenas um ano atrás.

Sinergias com a Moriah

Com a entrada da Moriah, Fabiano Zettel destaca que a experiência em diversas marcas ajudará na expansão. Nesse sentido, a Moriah possui investimentos em 18 empresas, incluindo Desinchá, Push & Pow e Frutaria São Paulo. Ademais, Zettel enfatiza que a Moriah atua como sócio operacional, colocando “a mão na enxada” quando necessário.

Perspectivas

A expansão acelerada da Oakberry pode pavimentar o caminho para um IPO no futuro. Zettel considera que isso pode acontecer em um a dois anos, mas não há pressa para a venda de participação. A Moriah, formada 100% de capital próprio, permite investimentos de prazo indeterminado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado