Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Gol dispara e Azul sobe após acordo reacender fusão

Investidores reagem positivamente ao anúncio de acordo de codeshare entre as empresas aéreas

Gol - Azul
(Imagem: divulgação/Gol)

As companhias aéreas Azul e Gol anunciaram na quinta-feira (23) um acordo de cooperação comercial para conectar as malhas aéreas no Brasil por meio de um codeshare. A parceria inclui rotas domésticas exclusivas operadas por uma das duas empresas, englobando mais de 150 destinos.

Na sexta-feira (24), as ações da Gol e da Azul dispararam na Bolsa brasileira. GOLL4 subiu 11,9%, para R$ 1,41. Já a AZUL4 subiu 5,18%, para R$ 10,36. Investidores interpretaram o movimento como uma sinalização de possível fusão entre as empresas aéreas.

Bradesco BBI

De acordo com o Bradesco BBI, o anúncio de codeshare pode ser um novo passo em direção a uma potencial fusão entre Gol e Azul. O banco ressalta que este acordo é mais forte que o assinado entre Azul e Grupo LATAM Airlines em agosto de 2020, que era restrito a 64 rotas de voos domésticos e não envolvia programas de passageiro frequente.

Publicidade

O Bradesco BBI continua preferindo a Azul à Gol. Assim, o banco destacou que os acionistas minoritários da Gol provavelmente sofrerão uma enorme diluição patrimonial devido à conversão de dívida em capital, em meio ao processo de Chapter 11 nos EUA.

Itaú BBA

O Itaú BBA vê a notícia como positiva para a Azul. Portanto, o banco destaca que o acordo reforça o ambiente competitivo no espaço aéreo brasileiro e pode desbloquear receitas adicionais para a empresa devido à maior conectividade criada pelo codeshare.

Os analistas do BBA também observam que o acordo não depende de aprovação antitruste e pode aumentar a percepção dos investidores sobre a possibilidade de uma fusão entre as companhias aéreas. Assim, a combinação dos negócios poderia desbloquear sinergias substanciais de receitas e economia de custos para a empresa resultante.

Veja também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado