Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Gripe aviária infecta terceiro trabalhador em setor laticínios dos EUA

Trabalhador em Michigan apresenta problemas respiratórios

Agronegócio - Bois - Gripe Aviária - Rio Grande do Sul - Estados Unidos - EUA
(Foto: Helena Lopes/Pexels).

Um terceiro trabalhador do setor de laticínios dos Estados Unidos testou positivo para gripe aviária após exposição a vacas infectadas. Este caso, reportado nesta quinta-feira (30) pelas autoridades norte-americanas, destaca-se por ser o primeiro a apresentar problemas respiratórios.

O Estado de Michigan já havia confirmado dois casos anteriores em trabalhadores, que desenvolveram apenas conjuntivite e se recuperaram sem maiores complicações. No entanto, os casos anteriores ocorreram em um contexto onde Michigan registrou mais infecções por gripe aviária em bovinos do que qualquer outro Estado norte-americano.

Apesar do aumento nos casos humanos, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA afirmou que a gripe aviária ainda representa um risco baixo para o público em geral. “Não vimos sinais de transmissão sustentada entre humanos”, disse Natasha Bagdasarian, diretora-executiva médica de Michigan, em um comunicado.

Publicidade

Para combater a propagação do vírus e identificar possíveis infecções não detectadas, Michigan começará em breve a testar trabalhadores de fazendas leiteiras. Sendo assim, o monitoramento a mais foi anunciado por uma autoridade de saúde do condado à Reuters.

Desde março, o surto de gripe aviária no gado leiteiro afetou 67 rebanhos em nove Estados norte-americanos, conforme dados do CDC. Contudo, a situação requer vigilância contínua e medidas preventivas para proteger os trabalhadores e o público em geral.

Leia mais:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado