Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Ceará investirá milhões em novo Instituto de Ciência e Tecnologia

Investimento de até 40 milhões no novo Instituto

Instituto de Ciência e Tecnologia. (Foto: Reprodução/FIEC)
Instituto de Ciência e Tecnologia. (Foto: Reprodução/FIEC)

Na última terça-feira (04), Fortaleza foi palco da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica para a criação do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). O evento ocorreu no Palácio da Abolição, reunindo autoridades importantes.

Investimento e estrutura

Nesse sentido, o Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT), focado nas áreas de Energias e Engenharia de Sistemas, será implantado na Base Aérea de Fortaleza. O projeto inclui, ainda, o Centro de Inovação e Pesquisa Tecnológica do ITA e o Instituto SENAI de Inovação (ISI). Ricardo Cavalcante, Presidente da FIEC, anunciou um investimento de 30 a 40 milhões de reais para concretizar o Instituto SENAI de Inovação.

Instituto de Ciência e Tecnologia: acordo e participantes

Desse modo, a assinatura do acordo contou com a presença do Governador do Ceará, Elmano de Freitas, e do Ministro da Defesa, José Múcio Monteiro. Também participaram o já citado Presidente da FIEC e Vice-Presidente Executivo da CNI, Ricardo Cavalcante; o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kânitz Damasceno; e o Diretor Regional do SENAI Ceará e SESI Ceará, Paulo André Holanda.

Publicidade

Discursos e expectativas

Além disso, Ricardo Cavalcante enfatizou a importância da inovação ligada à indústria e academia. “Nosso grande trabalho – da CNI, da FIEC e dos SENAI nacional e local – é para que possamos pegar as demandas dos empresários, sejam de onde forem, e trazer para o Instituto, para que as mentes brilhantes que lá estarão desenvolvam projetos. Cerca de 40% dos alunos do ITA são oriundos do Ceará, ou vieram para cá para estudar. Quando se formam, tendem a sair do estado. Nossa missão é fazer com que esses alunos, amanhã, possam ser grandes empresários, sem terem que sair daqui, pois a grande riqueza do Ceará são os cearenses”. Analogamente, o Governador Elmano destacou a necessidade de reter talentos no Ceará.

Paulo André Holanda mencionou, ainda, que o Instituto SENAI de Inovação será um atrativo para novas indústrias se instalarem no campus. “Será criado um verdadeiro habitat de inovação, onde institutos e indústrias farão conexões. O SENAI do Ceará contribuirá com melhorias em processos e produtos, unindo expertise com o Governo do Estado e a Aeronáutica”

Futuro promissor

Com a implementação do Instituto de Ciência e Tecnologia, o Ceará avança em inovação e desenvolvimento sustentável, integrando esforços de academia, indústria e governo. O novo instituto será um catalisador para o desenvolvimento regional, fortalecendo a ligação entre indústria e academia.

Leia também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado