Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Custando até R$ 650 mil, golfe ganha adeptos entre executivos no Brasil

Preços altos não afastam novos sócios de clubes

Pagando até R$ 650 mil, golfe ganha adeptos entre executivos no Brasil
(Foto: Divulgação/Fazenda da Grama).

No Brasil, o golfe, tradicionalmente visto como um esporte de elite, está conquistando cada vez mais adeptos, especialmente entre os executivos. Com mais de 100 campos espalhados pelo país, o número de praticantes regulares chega a 22 mil , de acordo com a Confederação Brasileira de Golfe.

Em São Paulo, os valores para se associar a alguns dos principais clubes podem ultrapassar R$ 100.000, chegando até R$ 650.000, considerando o título e a taxa de transferência. A adesão, contudo, exige mais do que apenas recursos financeiros; é necessário também uma indicação de cinco sócios atuais.

A prática do golfe no Brasil começou com a chegada de imigrantes britânicos e escoceses, sendo o São Paulo Golf Club, fundado em 1901, o mais antigo do país. Desde então, o esporte vem se expandindo com a construção de novos campos, principalmente em complexos imobiliários de luxo e resorts.

Publicidade

Desafios para a popularização do golfe

Apesar do aumento no número de campos e praticantes, o golfe ainda enfrenta desafios no Brasil. Entre eles, o alto custo para praticar o esporte e a falta de campos públicos são os principais obstáculos. Além disso, a cultura de golfe entre a população em geral ainda é limitada, o que pode ser um entrave para o crescimento mais acelerado do esporte.

Novos investimentos têm sido feitos para superar esses desafios. Um exemplo é a Academia Tiro Certo, em São Paulo, especializada na formação de golfistas. Iniciativa das irmãs Daniela e Gabriela Arantes, a academia busca expandir e democratizar o acesso ao golfe.

Importância dos campos para a prática do esporte

A qualidade e a infraestrutura dos campos são fundamentais para a prática do golfe. O Gavea Golf and Country Club, no Rio de Janeiro, por exemplo, exige a indicação de três sócios para a admissão de novos membros. Além disso, os campos são avaliados por características como qualidade do gramado, design e manutenção.

Os melhores campos de golfe do Brasil, segundo a revista Golf Digest, incluem o São Paulo Golf Club, o Gavea Golf and Country Club e o Terravista Golf Course, em Trancoso, na Bahia, conhecido por sua beleza paisagística e infraestrutura de primeira linha.

 

Com o aumento do interesse pelo golfe, especialmente entre executivos e investidores, o esporte tem potencial para crescer ainda mais no Brasil. A melhoria das infraestruturas existentes e a criação de novos espaços, aliadas ao investimento em formação e acessibilidade, são essenciais para que o golfe continue a se expandir e se tornar mais popular entre os brasileiros.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado