Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Hidrogênio verde no Ceará: FIEC e governo traçam novo projeto

Projeto visa economia sustentável e geração de empregos

Presidente do FIEC e governador do Ceará em cerimônia de apresentação do Hidrogênio verde. (Foto: Divulgação/FIEC)
Presidente do FIEC e governador do Ceará em cerimônia de apresentação do Hidrogênio verde. (Foto: Divulgação/FIEC)

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e o Governo do Estado do Ceará, através da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (ADECE), realizaram um evento importante na Casa da Indústria na última terça-feira (25). A ocasião marcou a apresentação dos resultados do Masterplan do Hidrogênio Verde no Ceará. Nesse sentido, a apresentação delineou as oportunidades futuras para o estado com a implantação de empreendimentos de produção de hidrogênio verde. O evento contou com a presença de figuras proeminentes. Dentre elas, estavam o Presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, e o Governador Elmano de Freitas, além de empresários e representantes de diversos setores industriais.

O estudo foi liderado pela consultoria norte-americana IXL Center. Ela utilizou uma metodologia colaborativa que envolveu especialistas da Universidade de Harvard e do MIT (Instituto Massachusetts de Tecnologia). Além disso, participaram pesquisadores de 15 nacionalidades diferentes. A equipe incluiu consultores especializados em inovação e representantes de várias organizações públicas e privadas locais.

União de esforços para a transição energética

Na abertura do evento, Ricardo Cavalcante destacou a importância da colaboração entre a indústria, o governo, especialistas e investidores para fortalecer a agenda de transição energética no Ceará. Ele ressaltou o tamanho do desafio que o estado enfrenta e a necessidade de qualificar profissionais para atender a demanda de mão de obra. Ele enfatizou, ainda, que essa preparação só é possível com um trabalho conjunto.

Publicidade

“A transformação energética que o Ceará está vivenciando é uma oportunidade única. A união entre o Governo, a FIEC e as universidades será crucial para enfrentar os desafios e qualificar a mão de obra necessária,” afirmou Cavalcante. Ele também mencionou que a transição energética é uma missão do Sistema FIEC desde 2021, envolvendo o HUB de Hidrogênio Verde do Ceará, o FIEC Summit, e planos para atrair investidores.

Envolvimento governamental e perspectivas econômicas

O Governador Elmano de Freitas reconheceu o empenho de Ricardo Cavalcante na mobilização dos setores econômicos e políticos para preparar o Ceará para o hidrogênio verde. Ele destacou a expectativa de gerar 80 mil empregos com investimentos que somam mais de US$ 50 bilhões, além dos seis pré-contratos já assinados.

“Com o planejamento estratégico que desenvolvemos, estamos posicionando o Ceará como o estado mais preparado para ser o maior produtor de Hidrogênio Verde nas Américas,” declarou o Governador Elmano. Ele reforçou que a colaboração entre academia, indústria, governo e investidores é essencial para alcançar esse objetivo.

Leia também:

Painéis do Masterplan e colaboração internacional

As palestras do Masterplan foram conduzidas por figuras de destaque como Hitendra Patel, CEO da IXL Center, Gunther Glenk, professor de Harvard, e Donald Lessard, especialista do MIT. Eles apresentaram um panorama sobre a preparação da indústria cearense para o hidrogênio verde e discutiram experiências bem-sucedidas em outros países.

Patel incentivou os empresários a se engajarem na consolidação de credibilidade e na preparação para as oportunidades da transição energética. Lessard enfatizou a necessidade de um plano sólido e de longo prazo, enquanto Glenk apresentou dados sobre investimentos em hidrogênio verde e seus custos.

Participação de autoridades e líderes industriais

O evento contou com a presença de várias autoridades e líderes industriais, incluindo o Presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Hidrogênio Verde, Luiz Viga, o Comandante da 10ª Região Militar, General Pinto Sampaio, e o Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Rholden Queiroz. Entre os presentes também estavam secretários de estado, representantes de instituições acadêmicas e líderes empresariais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado