Startup de saúde recebe investimento de R$ 110 milhões

A Beep pretende usar os novos recursos para acelerar seu crescimento, especialmente na vertical de exames, e faturar R$ 140 milhões em 2021. Exames e vacinas em casa. Foto ilustrativa.
A Beep pretende usar os novos recursos para acelerar seu crescimento, especialmente na vertical de exames, e faturar R$ 140 milhões em 2021. Exames e vacinas em casa. Foto ilustrativa.

A pandemia beneficiou negócios que oferecem produtos por meio da entrega a domicílio – inclusive em segmentos nos quais o delivery não é tão comum, como a saúde. A Beep Saúde leva vacinas e exames para residências desde 2016. Mas viu o interesse de clientes e de investidores aumentar desde o último ano.

A startup de saúde, ou healthtech, anunciou nesta quarta-feira (14) a captação de R$ 110 milhões. O aporte foi liderado pelo fundo de capital de risco (venture capital) Valor Capital Group. A Beep pretende usar os novos recursos para acelerar seu crescimento, especialmente na vertical de exames, e faturar R$ 140 milhões em 2021.

Exames e vacinas em casa

A Beep é a segunda empreitada de Vander Corteze. Ele criou também o Grupo BR MED. A rede de clínicas de medicina do trabalho faz exames admissionais e demissionais. Após dez anos no negócio, Corteze deixou de atuar no dia a dia e virou acionista e presidente do conselho de administração do Grupo BR Med.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado