Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Golpes de app de delivery cresceram 186% na pandemia

Na hora da entrega do pedido, o cliente precisa estar atento à maquininha utilizada para o pagamento. Foto Pexels

O uso de aplicativos de delivery aumentou durante a pandemia da Covid-19. Segundo uma pesquisa da agência Edelman, promovida pelo PayPal, o número de pessoas que pedem delivery uma vez por semana saltou de 40,5% para 66,1% nesse período. Já o número de clientes que solicitam delivery todos os dias, aumentou de 14,2% para 22,1%.

Apesar de ser um serviço que economiza tempo e traz praticidade para o consumidor, é preciso tomar alguns cuidados na hora de utilizar os aplicativos, para não cair em golpes. Uma pesquisa do PROCON- São Paulo revela que golpes desse tipo cresceram 186% na comparação entre 2020 e 2021 e o prejuízo total chega a mais de R$ 1,3 milhão.

“A facilidade dos aplicativos deixa as pessoas muitas vezes desatentas e sujeitas a caírem nessas situações. O golpe pode acontecer de diversas maneiras, por maquininhas falsas, entregadores mal-intencionados, entre outras coisas. Pesquise antes sobre o aplicativo e desconfie de tudo que fuja do normal”, destaca Artur Rosa, CTO da Liuv, startup de soluções digitais para bares e restaurantes.

Publicidade

Para evitar cair em golpes, Artur Rosa orienta sobre alguns cuidados que devem ser tomados na hora de fazer o pedido pelo aplicativo. Entre as dicas está a de não compartilhar dados pessoais. É preciso acionar o sinal de alerta caso o entregador solicitar senha e CPF na hora da entrega do pedido, por exemplo.

Outro ponto importante é ficar atento ao entregador e solicitar a identificação do mesmo na plataforma de delivery. O cliente também deve desconfiar de algumas ofertas, principalmente quando se tratar de um estabelecimento desconhecido. Pesquisar sobre ele e sobre a oferta é sempre uma boa dica.

Na hora da entrega do pedido, o cliente precisa estar atento à maquininha utilizada para o pagamento, fiscalizando o valor e evitando o pagamento caso o visor esteja danificado. Além disso, deve ser evitado o pagamento de taxas extras.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado