Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Google suspende monetização da imprensa estadual russa em suas plataformas

Na sexta-feira (25), o Facebook também proibiu a mídia estatal russa de monetizar com as publicações em sua plataforma.

Como represália à invasão na Ucrânia, o Google anunciou neste domingo (27) que bloqueou seu sistema de monetização para a imprensa estatal russa em suas plataformas.

“Nossas equipes começaram a suspender a possibilidade de canais gerarem receita no YouTube, incluindo os da RT (Russia Today, do Kremlin)”, disse um porta-voz do YouTube segundo a agência de notícias AFP. Criada em 2005, a RT é acusada pelas autoridades ocidentais de contribuir para a disseminação de FakeNews em alta escala.

Na Ucrânia, o Google também suspendeu o downloads do aplicativo da RT e decisão semelhante foi tomada pela Alemanha, que proibiu a RT de operar em seu país.

Publicidade

Na manhã deste domingo (27), a Roskomnadzor, agência reguladora de comunicações do governo russo, informou que escreveu para o Google solicitando o pleno e rápido reestabelecimento do acesso aos canais da mídia russa. Mas, até o momento, não obteve resposta.

Resposta

A decisão do Google fortalece as sanções já anunciadas por vários países contra empresas, bancos, companhias aéreas, incluindo jatos particulares, e autoridades russas depois que Moscou atacou a Ucrânia na última quinta-feira (24).

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado