Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Estratégias para um onboarding de sucesso – Por Lise Aguiar

*Coluna por Lise Aguiar, 06/05/2022

O processo de integração do novo colaborador ao ambiente de trabalho, de modo que ele entenda rapidamente sobre a organização e o objetivo do seu trabalho junto ao restante da equipe, é que o denominamos de onboarding.

Esse processo é o responsável para acolher e incorporar o profissional no dia a dia da empresa, assim como, proporcionar sentimentos de boas-vindas e bem-estar nesta nova jornada. A ideia é diminuir o tempo que alguém leva para se adaptar e atingir o máximo de seu potencial profissional dentro da empresa.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Se bem conduzido, as chances de diminuir o turnover no período de experiência crescem, devido a melhor aderência do novo colaborador à cultura organizacional e consequentemente, às suas entregas e resultados.

Comece do começo
O onboarding se inicia desde o período de seleção, isto é, a partir do momento que conseguimos passar as informações completas sobre a cultura organizacional, o ambiente de trabalho e o que se espera deste profissional logo no anúncio da vaga, acabamos atraindo mais pessoas com o perfil desejado.

Após a aprovação, todo o relacionamento que se constrói a partir de então e a forma como este colaborador é acolhido fará toda a diferença nas suas entregas. Por isso, é sempre necessário lembrar a importância de um planejamento prévio para a chegada desde novo membro da empresa, proporcionando um sentimento de engajamento onde ele perceba a importância da sua vinda a empresa.

No primeiro dia de trabalho, chegar e ser recebido com todos os recursos já providenciados, com um treinamento inicial sobre a cultura da organização e já ser apresentado à empresa, gera maior assertividade.

Diretrizes como referências
É super didático elaborar um material contemplando informações acerca das tarefas que o colaborador irá realizar, assim como, colocar dicas úteis sobre a empresa, as demais áreas e os colegas de trabalho. Assim, além de evitar um sentimento de desconforto por não saber por onde começar, já facilita o engajamento com o novo local de trabalho e proporcionando produtividade com maior facilidade.

Não esqueça de apresentar logo de cara a identidade organizacional (missão, visão, valores e expectativas), além de todos os benefícios que a empresa culturalmente oferece a todos visando adaptação à cultura organizacional da instituição.

O papel do Anjo/Mentor
Uma prática também comum entre as empresas é deixar o novo colaborador passar um tempo ao lado de alguém mais experiente, absorvendo tudo o que puder antes de começar a trabalhar sozinho ao mesmo tempo em que denominar um colega de trabalho que possa ser seu auxílio neste processo de adaptação e engajamento. Um momento de apresentação aos executivos da empresa será um ponto alto deste processo, pois demonstra que a empresa se importa com o colaborador e que há um respeito mútuo entre todos.

No Twitter, por exemplo, no primeiro dia do colaborador ele também toma café da manhã com o CEO da empresa e faz um tour para conhecer as dependências para se orientar melhor já no primeiro momento.

Empresas como o Netflix, Linkedin entregam kits de boas-vindas, com frases inspiradoras e motivacionais e também permitem que recém-chegado possa construir metas ambiciosas no primeiro dia, mostrando aos demais colegas a sua capacidade de realização, engajamento e comprometimento com a empresa.

E o que você tem feito ou contribuído para que esse momento seja especial dentro da sua organização?

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ENB

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado