Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Evento debate desafios para a retomada do turismo no Ceará

“Para a retomada e estabilização dos negócios do segmento do turismo nos níveis anteriores da pandemia, a saída é rever o modelo de negócios sem apego, unir forças no trade, se atualizar e entender as expectativas do consumidor”. Esta é a sugestão do presidente da União Nacional dos Conventions Bureau e Entidades de Destinos (Unidadestinos) e diretor da São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB), Toni Sando, apresentada durante sua palestra no seminário Oportunidades e Desafios do Mercado Turístico.

O evento, foi realizado na manhã desta terça-feira (26) com transmissão pelo Canal do Sebrae/CE no YouTube, é uma iniciativa do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio-CE (CETUR). Ele faz parte de um ciclo de seminários que visam promover um debate sobre a retomada do turismo no estado, em uma perspectiva de mercado.

Além do palestrante, o seminário contou ainda com a participação do presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Ceará – ABAV CE, Murilo Santa Cruz, da analista da Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional, Ana Clévia Guerreiro e do superintendente do Sebrae/CE e presidente do CETUR, Joaquim Cartaxo, como debatedores. A mediação do evento foi realizada pelo secretário executivo da Câmara dos Conselhos Empresariais da Fecomércio-CE, Marcos Pompeu.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Palestra

Durante sua palestra, Toni Sando disse que a pandemia trouxe impactos significativos para a sociedade e um cenário de incertezas para todos, mas apesar disso não dá para os empreendedores do setor do turismo ficarem se lamentando pelo passado. “Já que não dá para prever o futuro e nem mudar o passado, proponho uma alternativa: o pragmatismo, que é lidar com o real no presente”.

De acordo com ele, é preciso implantar a cultura do agora, “que é ter uma estratégia responsiva baseada em ação”. “Precisamos ousar resolver os problemas, tentar,testar,prototipar. Ter a coragem de agir, apesar das incertezas. Ter coragem é ser pragmático”. Sando defendeu ainda que os empreendedores e lideranças do setor do turismo precisam focar no turismo doméstico no curto prazo e, a longo prazo, voltar a promover o Brasil no exterior.

Debate

Na opinião da analista do Sebrae Nacional, Ana Clévia Guerreira, o segmento do turismo de negócios e eventos é fundamental neste processo de retomada da atividade turística, pois ajuda a posicionar o destino em um importante mercado nacional e internacional, além de atrair turistas que não fazem parte da lista habitual de visitantes daquele local.

Ana Clévia defendeu ainda a cultura do planejamento e da união da iniciativa privada e do poder público como forma de superar as adversidades. “Todos os destinos que são organizados, que tem estratégia, respondem melhor às crises. Além disso, destinos que fazem gestão integrada, público e privado, conseguem se posicionar melhor no mercado”.

Em sua intervenção, Joaquim Cartaxo reforçou a necessidade de se trabalhar o turismo de raio curto, principalmente neste momento de retomada da atividade e destacou o trabalho do Sebrae/CE na estruturação e fortalecimento das rotas turísticas no Ceará. Ele falou ainda sobre a importância das políticas locais para a promoção do desenvolvimento dos destinos.

“Sempre digo que todo CNPJ tem CEP, ou seja, é nos municípios onde as atividades se desenvolvem e por isso precisamos ter um olhar local sobre as políticas de desenvolvimentos, pois é justamente nos municípios, nas comunidades, onde estas políticas impactam na melhoria das condições de vida e trabalho das pessoas”, enfatizou Cartaxo.

Após o debate, Marcos Pompeu agradeceu ao palestrante e aos debatedores pela importante contribuição para esta discussão sobre a retomada das atividades empresariais no segmento do turismo e lembrou que o conteúdo deste e dos outros dois seminários que serão realizados pelo CETUR serão compilados em uma publicação que será disponibilizada para a sociedade.

Para assistir debate, acesse aqui!

A informação é da Agência Sebrae.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado