Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Tecnologia ajuda seleção de cacau

Foto: Pexels

A classificação das amêndoas de cacau é uma etapa crucial para o controle de qualidade. Levando isso em consideração, a técnica tradicional se realiza por uma pessoa que analisa visualmente cada uma das amostras num período de uma hora, em média, por lote. Contudo, surge um novo sistema.

Desenvolvido pelo Centro de Inovação do Cacau (CIC), na Bahia, o programa garante reduzir o tempo em mais de 50% com um classificador automático. Inspirado em machine learning (aprendizado de máquina), o equipamento GroundEye S já era usado para detectar defeitos em grãos como soja, arroz, feijão e milho. Entretanto, após adaptações no CIC em parceria com a empresa de tecnologia para o agronegócio TBIT, foi possível criar também um software para o cacau.

A ferramenta identifica características das amêndoas relacionadas a forma, cor, textura, densidade e anomalias, como, por exemplo, mofo e insetos. Para ser considerado de alta qualidade, o produto deve ter coloração marrom escuro e interior compartimentado, por exemplo.

Publicidade

A máquina, em vista disso, trouxe grande vantagem. Como foi explicado, o modelo tradicional, um lote com 300 amêndoas, que devem ser cortadas ao meio e analisadas uma a uma, leva cerca de 1 hora e 20 minutos para ser classificado. Agora, com o CIC, o modelo recebe 160 amostras diariamente e tem prazo de até dez dias para entregar o resultado. O processo é feito em menos de 20 minutos, já considerando o corte que segue manual.

“Nosso foco é o ganho de escala nas empresas, nas cooperativas e na indústria de processamento de cacau, porque o investimento é alto, mais de R$ 95 mil, e tem licença de uso”, afirma Cristiano Villela Dias, diretor científico do CIC, em nota.

Ele torce para que o equipamento seja usado para entender o perfil do cacau brasileiro, em um estudo de categorização nacional. Proposta está que segue sendo discutida com a Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado