Parceria entre Audi, Porsche e Raízen injetam R$ 24 milhões em eletropostos

Na segunda-feira (08/05), as montadoras de luxo alemãs Audi e Porsche anunciaram uma parceria com a Raízen para investir cerca de R$ 24 milhões na instalação de 20 carregadores rápidos, prioritariamente em postos da Shell, até 2024, no programa Shell Recharge. A nova rede de recarga será formada por carregadores rápidos de 150 kW, que carregam os veículos das fabricantes alemãs de 0% a 80% em aproximadamente 30 minutos.

A Audi tem o 9º eletrificado mais vendido no Brasil, de acordo com ranking da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). O modelo Q5 pode variar de R$ 388 mil a R$ 450 mil. Já o Cayenne, da Porsche, com versões de R$ 629 mil a R$ 659 mil, é o 10° mais vendido.

De acordo com Daniel Rojas, CEO e Presidente da Audi do Brasil, a companhia já possui um vasto portfólio de veículos eletrificados e busca avançar na expansão da infraestrutura de carregadores elétricos no Brasil. “Sabemos que o avanço da eletromobilidade depende não apenas dos produtos, mas também de uma rede adequada para atendê-los a nível nacional, e estamos comprometidos com esse objetivo de longo prazo.”

Para Peter Vogel, CEO da Porsche Brasil, união com Audi e Raízen de ampliação dos postos de recarga rápida “integra um programa estruturado de iniciativas que oferece conforto e comodidade aos nossos clientes e reforça o compromisso da Porsche com a mobilidade elétrica.”

Dados da ABVE apontam para uma expansão de 50% nos emplacamentos de carros elétricos no primeiro trimestre de 2023, em comparação com mesmo período de 2022. Foram 14.787 unidades vendidas, entre janeiro de março deste ano. Em dezembro de 2022, foi contabilizado um total de aproximadamente 2.950 eletropostos públicos e semipúblicos no país. A previsão dos empresários do setor é de que haverá pelo menos 10 mil até 2025.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado