Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Evandro Leitão lidera debate sobre produção de hidrogênio verde no Ceará na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará promoverá, nesta sexta-feira (26/05), o debate intitulado “Hidrogênio verde: inovação e energia limpa no Ceará”. O evento visa discutir as potencialidades do desenvolvimento do hidrogênio verde (H2V) no Estado, ressaltando o papel de destaque do Nordeste na produção de energias limpas. Além disso, serão abordados os impactos dessa inovação no desenvolvimento econômico, social e industrial. O debate ocorrerá no Plenário 13 de Maio, a partir das 9h.

Diversas autoridades e especialistas participarão do evento, incluindo o deputado Evandro Leitão (PDT), presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece); o senador Cid Gomes (PDT/CE), presidente da Comissão de Hidrogênio Verde do Senado Federal; Salmito Filho, secretário do Desenvolvimento Econômico do Ceará; Jorge Arbache, vice-presidente do Banco de Desenvolvimento da América Latina; Hugo Figueiredo, presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP); Ricardo Cavalcante, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec); e José Amaury Gomes, presidente da Comissão Especial para Estudo sobre o Hidrogênio Verde no Estado do Ceará, da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Ceará (OAB-CE).

O deputado Evandro Leitão ressalta a importância do debate sobre o hidrogênio verde e destaca o potencial do Ceará como protagonista na produção dessa fonte de energia inovadora. Ele enfatiza que a sessão especial contará com importantes convidados, que apresentarão os impactos do hidrogênio verde no Ceará e no Brasil, tanto do ponto de vista social quanto econômico. Leitão destaca ainda o crescente interesse no tema, devido aos altos investimentos envolvidos e ao potencial de criação de novos empregos, além da responsabilidade de todos na redução da degradação do planeta.

Publicidade

Desde 2021, o Ceará vem trabalhando na implantação de um Hub para produção e comercialização de hidrogênio verde no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). O objetivo é transformar o estado em um importante fornecedor global desse combustível, gerando emprego, renda e contribuindo diretamente para a descarbonização do planeta. Vale ressaltar que, para ser considerado verde, o hidrogênio deve ser produzido a partir de fontes de energia limpa e renovável, como a solar e a eólica. Em janeiro, foi produzida a primeira molécula de H2V no Pecém.

Como parte das atividades relacionadas ao tema, a Agência de Notícias da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará lançou, no dia 23 de maio, a cartilha “Hidrogênio verde: a energia do futuro” que pode ser conferida AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado