Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Meta inicia nova rodada de demissões em massa em suas plataformas

Mark Zuckerberg , presidente do Grupo Meta. (Foto: Brian Solis)

A Meta iniciou na quarta-feira (24) uma nova rodada de demissões em massa, de acordo com uma fonte informada sobre o assunto. Essas demissões fazem parte de um plano anunciado em março para eliminar 10 mil funcionários da empresa, que engloba o Facebook, Instagram e WhatsApp.

Essa é a terceira vez que a empresa de tecnologia realiza ajustes desde o anúncio inicial de cortes de funcionários. Em março, a empresa se tornou a primeira grande empresa de tecnologia a anunciar uma segunda rodada de demissões.

Até o momento, os cortes já haviam reduzido o número de funcionários da empresa para o patamar de meados de 2021, após uma onda de contratações que dobrou a força de trabalho do grupo em relação a 2020.

Publicidade

Alguns funcionários comunicaram sua demissão por meio de redes sociais, como o LinkedIn, e relataram que essa rodada de cortes afetará significativamente as equipes de vendas de anúncios, marketing e parcerias.

De forma geral, os cortes estão afetando principalmente funções não relacionadas à engenharia. O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, afirmou em março que a empresa passaria por uma reestruturação substancial nas equipes de negócios e voltaria a uma proporção mais ideal de engenheiros para outras funções.

Mesmo entre os cortes direcionados especificamente às equipes de tecnologia, a empresa está eliminando funções não relacionadas à engenharia, como design de conteúdo e pesquisa de experiência do usuário, de maneira mais severa, de acordo com executivos.

Cerca de 4 mil funcionários já perderam seus empregos nas demissões em massa ocorridas em abril, segundo Zuckerberg, após um corte menor nas equipes de recrutamento em março.

Essas demissões em massa acontecem após meses de queda no crescimento da receita da empresa, em meio à alta inflação e à retração dos anúncios digitais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado