Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Acordo para evitar calote nos EUA: Presidente Biden e Câmara dos Representantes buscam solução para o teto da dívida

(Foto: Reprodução Internet)

Com o prazo apertado para a aprovação de um acordo que evite a possibilidade de calote por parte do governo dos Estados Unidos, o presidente Joe Biden revelou que sua equipe está negociando com o presidente da Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy, para chegar a um consenso que ponha fim ao impasse sobre a elevação do teto da dívida norte-americana.

A possibilidade de um calote não é considerada pelo presidente Biden, e as atuais divergências entre republicanos e democratas estão relacionadas ao orçamento, não à possibilidade de um ‘default’.

“A economia está crescendo. O único caminho a seguir é com um acordo bipartidário – e acredito que chegaremos a um acordo – que proteja os trabalhadores deste país”, disse o presidente norte-americano.

Publicidade

Biden reconheceu diferenças de opinião em relação ao orçamento com McCarthy.

“Não acredito que todo o ônus dos esforços adicionais para organizar a parte fiscal deva recair sobre os trabalhadores e a classe média americanos. Os republicanos discordam”, revelou.

O presidente também informou que a proposta apresentada inclui um core de gastos de mais de US$ 1 trilhão, além do congelamento de gastos nos próximos 2 anos. Essas propostas se somam a outro projeto que prevê uma redução de déficit fiscal de quase US$ 3 trilhões.

De acordo com informações da CNN Brasil, o Departamento do Tesouro afirma que os Estados Unidos podem ficar sem dinheiro para pagar suas contas já em 1º de junho, caso o teto da dívida não seja elevado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado