Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Biden anuncia acordo provisório para evitar calote em dívida

Foto: White House.gov

Para evitar um calote histórico nas contas públicas de seu país, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou no domingo, 28, um acordo provisório fechado com o presidente da Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy. O entendimento, realizado por telefone, visa suspender o teto da dívida de US$ 31,4 trilhões.

“Essa é a responsabilidade de governar. E esse acordo é uma boa notícia para o povo americano, porque evita o que poderia ter sido um calote catastrófico e teria levado a uma recessão econômica, contas de aposentadoria devastadas e milhões de empregos perdidos”, avaliou Biden, no anúncio publicado nas redes sociais.

A equipe econômica do presidente norte-americano vai finalizar o processo de negociação com integrantes do poder legislativo para bater o martelo, com um texto consensual para levar o acordo à apreciação da Câmara e do Senado. “Eu exorto ambas as câmaras a aprovar o acordo imediatamente”, apelou.

Publicidade

Como Biden, o republicano McCarthy, partido opositor do democrata, também utilizou sua rede social para confirmar o acordo com a Casa Branca. Porém, a mensagem do parlamentar foi recheada de críticas.

“Os republicanos estão prontos para realizar grandes e importantes mudanças em Washington. Em breve, votaremos por um acordo de limite de dívida responsável que interrompa gastos imprudentes dos democratas, recupere os fundos não gastos com a covid, bloqueie os novos esquemas fiscais de Biden e muito, muito mais”, escreveu McCarthy, ao divulgar seu breve pronunciamento no Twiiter.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado