Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

A importância da assessoria jurídica preventiva para o crescimento sustentável e a perpetuação de negócios – Por Rafael Albuquerque

Foto: Thiago Pinho & Rafael Albuquerque

A assessoria jurídica preventiva é uma prática cada vez mais relevante na gestão empresarial moderna. Trata-se de um serviço oferecido por profissionais do direito com o objetivo de antecipar e solucionar questões jurídicas antes mesmo de se tornarem problemas concretos. Ao adotar essa abordagem proativa, as empresas podem evitar litígios, prejuízos financeiros e danos à sua reputação.

Um dos principais benefícios da assessoria jurídica preventiva é a redução de custos. Ao prevenir problemas legais, as empresas evitam despesas com processos judiciais, multas e indenizações.

“Um bom direito nasce de uma boa documentação, logo a assessoria jurídica de uma empresa deve ser capaz de promover um consultivo proativo para antecipar cenários e resguardar seus clientes”, destacam os advogados Rafael Albuquerque e Thiago Pinho, sócios do escritório Pinho&Albuquerque Advogados.

Publicidade

É aí que entra a assessoria jurídica. “A equipe pode analisar e realizar um planejamento da carga tributária com a recuperação de tributos, dar suporte no contexto passivo trabalhista, elaborar a análise de contratos e até evitar intercorrências relacionadas à propriedade intelectual”, comentam os advogados. “Conduzir um negócio apagando incêndios é desgastante e coloca em risco a perpetuação da empresa”, argumentam.

Pinho&Albuquerque Advogados

Aniversariando 09 anos de atuação no mercado corporativo nacional, o escritório Pinho&Albuquerque Advogados é especializado na assessoria jurídica para empresas, englobando a atuação consultiva/preventiva e litigiosa/reativa nas áreas do direito inerentes à operação empresarial (direito do trabalho, societário, consumidor, registro de marcas, franquias dentre outras) através de uma equipe de mais de 17 profissionais que têm o conhecimento necessário para orientar seus clientes sobre as melhores práticas e procedimentos a serem adotados ao seu ramo de atividade.

 

*Opinião – Artigo Por Rafael Albuquerque, advogado, professor, pós-graduado no MBA em Direito Tributário da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Co-autor do livro Estudos Contemporâneos de Direito Tributário e consultor jurídico.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado