Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Moda impulsiona o setor da economia criativa no Estado do Ceará

Jovens Criadores - Jr. Panela, Senac Ceará
Foto: Jr. Panela

A economia criativa no Ceará tem alcançado um panorama promissor, com destaque especial para o mercado da moda. De acordo com o Observatório Itaú Cultural, que utilizou dados do ano de 2021, mais da metade das empresas criativas cearenses estão inseridas nessa categoria setorial, representando uma participação significativa de 57%. Isso reflete a força e o potencial desse setor no Estado, evidenciando a relevância da moda como uma das principais atividades econômicas criativas na região.

Além da moda, consideram-se no rol das atividades criativas os profissionais de artesanato, design, música, cinema, arquitetura, desenvolvimento de software e jogos, artes cênicas, artes visuais, museus e patrimônio, dentre outras.

Esse cenário favorável impulsiona a cadeia produtiva da moda cearense, impulsionando a geração de empregos, o crescimento econômico e o fortalecimento da identidade cultural local. Ainda de acordo com levantamento mais recente da mesma instituição, relativos ao último trimestre de 2022, o número de trabalhadores da economia criativa no Estado atingiu a marca de 314.457 pessoas ocupadas, o que representa 8% do total de empregos no Ceará.

Publicidade

A indústria da moda no Ceará se destaca pela sua diversidade e criatividade, contemplando desde a produção artesanal até as marcas de renome nacional. Além disso, a moda no Estado tem se mostrado cada vez mais consciente e sustentável, abraçando práticas responsáveis e inovadoras. Um exemplo disso é que mais de 50% dos ocupantes desses mais de 314 mil postos de trabalho é composto por mulheres. A diferença de ocupação entre os gêneros na economia criativa é de aproximadamente 3,3 mil postos. Além disso, a remuneração média dos trabalhadores criativos no Ceará é de R$ 1.885, valor superior à média estadual, que é de R$ 1.776.

Jovens Criadores: inscrições até dia 14
Com a participação majoritária das empresas criativas cearenses na categoria da moda, o Estado se consolida como um importante polo para o desenvolvimento desse segmento, contribuindo para a economia local e para a projeção do Ceará no cenário nacional da economia criativa. Sabedor dessa tendência, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) Ceará criou o concurso Jovens Criadores. E, com a abertura das vagas para a segunda edição do certame, voltado para os estilistas e designers de moda que sonham em lançar uma coleção autoral, esses novos talentos têm até esta quarta-feira, 14 de junho, para se inscrever no concurso.

Voltado para alunos e ex-alunos da instituição, o concurso tem prêmio em dinheiro e os três primeiros lugares ainda ganham mentorias de moda, financiamento dos insumos necessários e apoio dos laboratórios do Senac para desenvolver a coleção. As peças criadas são registradas em ensaio fotográfico, apresentadas em desfile e comercializadas em um ponto de venda em Fortaleza. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site https://lp.ce.senac.br/jovenscriadores , onde também está disponível o edital.

“Como a maior escola de Educação Profissional no País, o Senac tem o compromisso de acompanhar as questões que pautam a contemporaneidade para propor ações assertivas, formando profissionais atualizados e preparados para atender as demandas do mercado, além de comprometidos com uma atuação humana diante da sociedade, contribuindo ainda para o desenvolvimento econômico de sua Região”, destaca a diretora Regional do Senac Ceará, Débora Sombra.

Mais informações: https://lp.ce.senac.br/jovenscriadores

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado