Pesquisar
Close this search box.

B3 aprova pagamento de R$ 657 milhões em dividendos e JCPs: o que investidores precisam saber

B3 logo
Imagem: Reprodução/Internet

A B3 (B3SA3), principal bolsa de valores operante no Brasil, aprovou o pagamento de R$ 657 milhões, dos quais R$ 351 milhões serão em juros sobre o capital próprio (JCPs) e R$ 306 milhões em dividendos. A decisão, anunciada na última quinta-feira (22), faz com que cada ação em JCPs tenha o valor de R$ 0,06161196, ou R$ 0,05237017 após a incidência do imposto de renda. Já o valor por ação em dividendos é de R$ 0,05374176.

O pagamento será efetuado no dia 7 de julho de 2023, levando em consideração a posição acionária de 27 de junho. Vale ressaltar que a partir de 28 de junho a ação passará a ser negociada ex-dividendos e JCPs.

O BTG, uma das principais instituições financeiras do país, aponta que a B3 é uma excelente escolha para os que desejam se aventurar nos mercados de capitais do Brasil. A empresa, que possui margens altas e gera caixa, distribui tudo em forma de dividendos. Apesar de a ação não ser necessariamente barata, sendo avaliada em 16,4 vezes o preço sobre o lucro (P/L), a expectativa é de que os ganhos tendem a ser revisados para cima durante os mercados em alta, o que pode levar o P/L além de 20 vezes.

Portanto, para os investidores que estão em busca de oportunidades nos mercados de capitais, o pagamento de R$ 657 milhões em dividendos e JCPs pela B3 pode ser um bom indício de que essa é uma opção a ser considerada.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado