Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Ministério anuncia dados da fila do INSS com discrepância de 223,6 mil requerimentos

O Ministério da Previdência revelou uma diferença de 223,6 mil requerimentos na fila do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em relação a outro documento oficial produzido pelo governo. A divergência de dados provocou questionamentos e levou a pasta a direcionar as explicações ao INSS.

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, a discrepância surgiu devido à obtenção de números a partir de fontes distintas. O Ministério redirecionou as dúvidas ao INSS, que explicou que o boletim com o número maior será ajustado para refletir a metodologia do documento que apresentou a fila reduzida.

No início de julho, o Ministério da Previdência e o INSS lançaram o Portal de Transparência Previdenciária, com o objetivo de fornecer uma visão mais clara da situação da fila de requerimentos. A persistente fila do INSS tem sido um desafio para o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Publicidade

O Portal de Transparência Previdenciária apresentou, em junho, um total de 1,2 milhão de requerimentos em análise administrativa, dos quais 674,9 mil aguardavam resposta por mais de 45 dias.

O tradicional Boletim Estatístico da Previdência Social (Beps), publicado desde 1996, mostra um número diferente. O Beps de junho de 2023 registrou 1,42 milhão de requerimentos em análise administrativa, com 809,4 mil deles represados por mais de 45 dias.

Vale ressaltar que esses números não incluem os pedidos que dependem de perícias médicas, formando uma fila separada. Esses requerimentos chegam a 596,7 mil, conforme o Portal da Transparência. O Beps, por sua vez, não divulga dados sobre o estoque de perícias desde abril de 2022.

O INSS explicou que a discrepância nos números se deve a diferentes metodologias de coleta e análise de dados. O Beps utiliza informações da Base de Gestão de Tarefas do INSS e do Sistema Único de Informações de Benefícios (Suibe) para benefícios por incapacidade. Já o Portal da Transparência utiliza principalmente o BG Tarefas e os dados do Departamento de Perícia Médica Federal para agendamentos relacionados a benefícios por incapacidade.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado