Presidente da Mercedes: “eficiência é a nova moeda”

(Foto: Freepik)

O presidente-executivo da Mercedes-Benz, Ola Kaellenius, está traçando um novo caminho para o futuro dos veículos elétricos (EVs) da montadora alemã. Ele revelou que o mais recente design de veículos elétricos da Mercedes, que será inaugurado com o lançamento do sedã elétrico compacto CLA no próximo ano, tem como meta alcançar uma autonomia 30% a 35% maior para cada quilowatt-hora de energia armazenada na bateria em comparação com os atuais modelos elétricos da marca.

Em uma entrevista à Reuters, Kaellenius destacou que “a eficiência é realmente a nova moeda quando entramos em veículos elétricos”.

A Mercedes-Benz planeja revolucionar sua abordagem de eficiência energética ao oferecer uma bateria de fosfato de ferro-lítio (LFP) em sua nova linha de modelos CLA, que estará disponível nas concessionárias a partir de 2025.

Essa mudança representa uma abordagem inédita para a montadora em seus veículos elétricos. A inclusão de uma bateria LFP permitirá que a montadora alemã ofereça um modelo com preço mais acessível em um mercado altamente competitivo, atualmente liderado pela Tesla. A estratégia da Mercedes inclui competir com as marcas de veículos elétricos chineses que também adotam baterias desse tipo.

Os entusiastas de carros elétricos terão uma prévia do futuro da Mercedes com um protótipo a ser apresentado no Salão do Automóvel IAA em Munique, Alemanha, no domingo (03). Este protótipo servirá como um vislumbre do que está por vir na próxima geração de veículos elétricos da Mercedes.

A nova linha CLA tem como objetivo atingir um consumo de energia de apenas 12 kWh a cada 100 km e uma autonomia de 750 km com uma única carga. Isso representa uma melhoria significativa em relação aos atuais modelos de SUV compacto elétrico EQA 350 da Mercedes, que consomem entre 17 e 18 kWh por 100 km.

Para efeito de comparação, um Tesla Model 3 atual tem uma eficiência avaliada em 13,1 kWh por 100 km. De acordo com Kaellenius, o futuro CLA elétrico será o equivalente elétrico de um veículo que consome apenas um litro de gasolina a cada 100 km percorridos, uma conquista há muito desejada pelas montadoras europeias.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado