Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

BC anuncia sucesso na primeira fase de testes do Drex

(Foto: Agência Brasil)

Cerca de 500 operações foram concluídas com êxito na fase inaugural de testes do Drex, o real digital desenvolvido pelo Banco Central, conforme anunciado pela autoridade monetária nesta quarta-feira (13).

Desde o início do piloto, foram simulados procedimentos como emissão e destruição de Drex, bem como transferências entre bancos e entre clientes. Adicionalmente, registrou-se a primeira emissão de títulos públicos federais na última segunda-feira (11). A partir de agora, os participantes têm a capacidade de iniciar operações simuladas de compra e venda desses títulos entre eles e seus clientes.

Dos 16 grupos selecionados para o piloto, 11 instituições já estão ativas na rede. A integração dessas instituições à plataforma Drex teve início no final de julho. O Banco Central estima que a primeira fase do piloto se estenda até meados de 2024.

Publicidade

Fabio Araujo, coordenador do projeto no BC, esclarece: “As operações disponibilizadas para teste na rede abrangem a criação de carteiras para os participantes, que operam com Drex de atacado, e a criação de carteiras para clientes finais, que operam com Drex de varejo”.

“Além da criação de carteiras, os participantes já iniciaram operações de transferência, que podem ser realizadas diretamente entre participantes, entre um participante e seu cliente, entre clientes de um mesmo participante e até mesmo entre clientes de diferentes participantes”, acrescentou.

Moeda digital

Em agosto, o Banco Central anunciou oficialmente o nome da moeda digital do país: Drex. Conhecida como o “primo” do Pix, a nova moeda é uma abreviação da expressão “digital real x”.

O objetivo é proporcionar um ambiente seguro e regulamentado para o desenvolvimento de novos negócios e democratizar o acesso à economia digital para cidadãos e empreendedores, como explicado em comunicado oficial.

Para as operações envolvendo o Drex, o BC está desenvolvendo uma plataforma baseada na tecnologia DLT (Distributed Ledger Technology), amplamente conhecida no mundo das criptomoedas, sendo a blockchain a mais famosa entre elas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado