Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Competições Senac: Alunas detalham rotina de preparação

(Foto: Jr Panela/Divulgação)

Lançadas em 2016, as Competições Senac de Educação Profissional são uma iniciativa do Departamento Nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), na qual alunos selecionados vão simular situações reais de trabalho e exigir um desempenho de excelência em sete ocupações: Florista, Cozinha, Estética e Bem-estar, Cabeleireiro, Recepção de Hotel, Serviço de Restaurante, Cuidados de Saúde e Apoio Social.

Este ano, por intermédio do Sesc Ceará, eles e elas terão oportunidade de vivenciar a experiência das provas finais em um simulado, de 18 a 21 de setembro, na Escola de Gastronomia e Hotelaria do Ceará. A etapa final acontece de 22 a 28 de outubro, em Vitória (ES).

Conheça, a seguir quatro perfis de alunas que toparam encarar esse desafio: 

Publicidade

Victória Régia Domingos de Freitas – A competidora da ocupação Estética e Bem-Estar está sob orientação de Sara Ariane, que já foi medalhista na Olimpíada do Conhecimento. Os treinos acontecem no Senac Centro e ela está focada nos procedimentos que envolvem estética facial e corporal; embelezamento de unhas, cílios, sobrancelhas; maquiagem; SPA manicure e pedicure;

Carine de Sousa Ferreira – Treina na Escola de Gastronomia e Hotelaria do Ceará, sob a supervisão da instrutora Letícia Othero para a ocupação de Recepção de Hotel. Além dos conhecimentos técnicos, Carine tem aulas de inglês. Como as demais competidoras, é acompanhada por um psicólogo do esporte. Suas expectativas são as melhores: “Estou animada para mostrar tudo o que temos treinado, trabalhado e aperfeiçoado aqui. Quero dar o meu melhor e trazer essa medalha para o Ceará”. Nessa ocupação, os competidores são avaliados em situações no front e no back office (balcão de recepção e procedimentos burocráticos), exigindo técnica e agilidade, além de conhecimentos multidisciplinares. “Realização de check-in, check-out, montagem de pacotes turísticos, respostas a avaliações de clientes on-line e treinamento de novos colaboradores, entre outras diversas situações, podem ser exigidas nas provas”, explica

Gabriela Barreto – Está se preparando no Senac Aldeota para competir na ocupação de Cozinha, tem como treinador o instrutor Matheus Vieira. A dupla desenvolveu cinco pratos e, a cada prova, ela tem que executar quatro unidades iguais. “Trabalhamos muito com insumos regionais, sempre pensando em técnicas inovadoras e proteínas fora do convencional, como miúdos e frutos do mar”, revela. “Meus olhos brilham falando das Competições, e quando estou treinando são as melhores horas do meu dia. Aprendo muito com o Matheus e tive oportunidade também de fazer cursos fora, inclusive na Escola do chef Laurent Suaudeau, em São Paulo”, comemora Gabriela;

Larissa Rafaella Luna Sales – Para a modalidade Cabeleireiro, Larissa tem treinado no Senac Crato com a instrutora Bruna Sousa, que foi medalha de prata nas CSEP, em 2016. Suas atividades são focadas em coloração, descoloração, cortes, penteados e finalização de cabelos. “Já fiz curso complementar na Pivot Point, reconhecido internacionalmente, no qual aprendi muitas técnicas novas e estou aperfeiçoando meu treinamento”, relata.

Saiba mais
As Competições Senac de Educação Profissional servem como uma porta de entrada para o mercado de trabalho, proporcionando aos participantes a oportunidade de enfrentar desafios relacionados às suas áreas de atuação em ambientes simulados. As competições não apenas promovem uma visão abrangente dos processos e o comprometimento com a qualidade, mas também identificam talentos que podem representar o Brasil na WorldSkills, uma competição internacional de destaque na educação profissional.

Além disso, essas competições promovem a troca de experiências entre os Departamentos Regionais do Senac, contribuindo para o aprimoramento do Modelo Pedagógico da instituição. Isso permite que novas técnicas sejam incorporadas pelos professores e equaliza os processos educacionais em todos os Departamentos Regionais em termos de desenvolvimento e avaliação baseada em competências.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado