Bradesco e T4F multados por propaganda enganosa no Lollapalooza

(Foto: Divulgação)

O Bradesco e a Time 4 Fun (T4F), organizadora do Lollapalooza Brasil, enfrentam multas do Procon de Minas Gerais acusadas de propaganda enganosa referente à venda de ingressos do festival em 2023. Conforme publicado pelo UOL, as penalidades impostas às empresas vêm após acusações de indução ao erro na promoção de ingressos para o prestigiado festival deste ano.

Segundo as informações divulgadas pelo Procon-MG, ambas as corporações anunciaram a comercialização de tickets a partir de R$ 900, oferecendo um desconto de 15% para portadores de cartões Bradesco, Next e Digio. Esta estratégia de marketing foi considerada enganosa pelo órgão regulador.

Dessa forma, o Bradesco foi multado em R$ 7,6 milhões, enquanto a T4F, proprietária do Lollapalooza no Brasil, enfrenta uma penalidade de R$ 3.696. As empresas têm o direito de recorrer da decisão, embora a repercussão do caso já tenha gerado ampla discussão sobre práticas publicitárias transparentes no mercado de entretenimento brasileiro.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado