Safra de soja em Mato Grosso está em risco, diz startup

Foto: Divulgação

A safra de soja 2023/2024 em Mato Grosso enfrenta riscos devido a condições climáticas desfavoráveis, revela a startup A de Agro. Sua plataforma Rural.Uno identificou áreas críticas, onde a quebra pode ser acentuada.

Em Tapurah, a estimativa é de uma redução de até 25% na safra, o que representa 150 mil toneladas a menos. Este município é apenas um exemplo entre 25 cidades do estado, que somadas, são responsáveis por quase metade da produção de soja mato-grossense. Entre as cidades de maior risco estão Diamantino, São José do Xingu, Comodoro, entre outras.

O El Niño tem sido um fator chave, causando falta de chuvas e calor excessivo, afetando especialmente o norte e oeste do Mato Grosso. A situação levou ao atraso no plantio e até replantio em algumas áreas. Embora seja prematuro estimar a redução total da produtividade, o cenário atual sugere uma potencial quebra atípica na safra.

Curiosamente, regiões do sul de Mato Grosso e Goiás mostram sinais de recuperação devido à normalização das chuvas, trazendo alguma esperança aos produtores.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado