Mercosul anuncia US$ 10 bilhões para integração sul-americana

Foto: Marcelo Camargo/Ag. Brasil

A América do Sul está prestes a experimentar um impulso significativo em seus projetos de infraestrutura e integração, graças à criação de um fundo de US$ 10 bilhões. Anunciado pela ministra do Planejamento, Simone Tebet, durante a Cúpula do Mercosul, esse fundo será gerenciado conjuntamente por várias instituições financeiras.

Os recursos serão divididos entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata). Importante salientar que os fundos do BNDES serão utilizados exclusivamente em projetos dentro do Brasil.

Os projetos em andamento receberão prioridade, visando acelerar o desenvolvimento das obras, especialmente nas áreas de fronteira. A ministra Tebet destacou que a maior parte das obras faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), sem custos adicionais ao orçamento previsto até 2027.

Entre os projetos prioritários, estão incluídas rotas principais divididas em cinco eixos, abrangendo diversas regiões e países sul-americanos. Este planejamento visa fortalecer não apenas a infraestrutura, mas também o comércio exterior, especialmente com países asiáticos.

Além do fundo de US$ 10 bilhões, os projetos também contarão com recursos do Novo PAC. Este esforço conjunto entre diferentes instituições financeiras e governos tem o objetivo de modernizar a infraestrutura sul-americana e facilitar a integração comercial entre os países do continente.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado