Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Carne suína: exportação cresce em 2023

Foto: Pexels

Em 2023, as exportações de carne suína do Brasil atingiram um recorde, com um impressionante aumento de 9,8% em relação ao ano anterior. O país exportou um total de 1,22 milhão de toneladas do produto, gerando uma receita notável de US$ 2,81 bilhões. Esse desempenho sólido reflete a recuperação da rentabilidade da indústria, apesar das flutuações nos custos de produção. As expectativas para 2024 são igualmente promissoras, com projeções de exportações superando 1,3 milhão de toneladas.

O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, demonstrou otimismo em relação ao futuro do setor. Ele enfatizou as oportunidades do acesso a novos mercados internacionais e a confiança contínua dos parceiros comerciais tradicionais. Santin acredita que os níveis de sucesso alcançados em 2023 podem ser mantidos este ano.

Em dezembro de 2023, as exportações de carne suína também apresentaram um desempenho sólido, com um aumento de 7,9% no volume embarcado, totalizando 110,9 mil toneladas. No entanto, a receita gerada foi menor, chegando a US$ 231,5 milhões, o que representou uma queda de 8,8% em relação a dezembro de 2022.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

A China permanece como o principal importador de carne suína brasileira, apesar de uma redução de 15,6% nas importações em comparação ao ano anterior. Hong Kong ocupou a segunda posição, registrando um aumento de 29,3% nas compras, seguido por Filipinas, Chile, Singapura, Uruguai, Vietnã e Japão. A diversificação dos destinos de exportação, especialmente na Ásia e nas Américas, desempenhou um papel fundamental no sucesso do setor em 2023, como enfatizou Luís Rua, diretor de mercados da ABPA.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado