Pesquisar
Close this search box.

BlackRock adquire GIP por US$ 12,5 bilhões

Blackrock
Foto: Divulgação

A BlackRock, maior gestora financeira do mundo, concluiu recentemente a aquisição da Global Infrastructure Partners (GIP) por cerca de US$ 12,5 bilhões. Este passo amplia significativamente a sua posição no setor de investimentos em energia, transportes e infraestrutura.

O acordo, avaliado em US$ 12,5 bilhões, consiste em um pagamento de US$ 3 bilhões em dinheiro. Acrescente-se aproximadamente 12 milhões de ações, totalizando cerca de US$ 9,5 bilhões.

A transação está prevista para ser finalizada no terceiro trimestre. A aquisição da GIP, que administra US$ 100 bilhões, representa o maior negócio da BlackRock em mais de uma década.

A aquisição fortalece a posição da BlackRock como líder no setor de fundos. Com a junção dos ativos da GIP e os cerca de US$ 50 bilhões já geridos pela BlackRock em infraestrutura, a empresa supera concorrentes como a Macquarie Asset Management e a Brookfield Asset Management.

A GIP tem reconhecimento por conta de investimentos significativos em infraestrutura global, incluindo aeroportos e projetos de transição energética.

Além do foco em infraestrutura, a BlackRock visa se posicionar como um provedor abrangente de opções de investimento, incluindo ativos alternativos. Estes ativos, embora representem cerca de 3% do total gerido, geram aproximadamente 10% das taxas da empresa.

A aquisição também vem no momento em que a BlackRock registra lucros acima do esperado, impulsionando os ativos dos clientes para mais de US$ 10 trilhões.

Novas direções e crescimento contínuo

Em 2023, a BlackRock adquiriu a Kreos Capital, fortalecendo seu portfólio de dívida privada. A empresa também tem investido em projetos de infraestrutura variados, desde oleodutos no Oriente Médio até redes de fibra com a AT&T.

A infraestrutura continua sendo um segmento em expansão, com a McKinsey prevendo uma lacuna de gastos de US$ 15 trilhões até o final da década.

Conclusão e perspectivas futuras

Em suma, a aquisição da GIP pela BlackRock não apenas reforça sua posição no mercado de fundos, mas também alinha a empresa com as crescentes demandas por investimentos sustentáveis e de longo prazo.

A entrada de Adebayo Ogunlesi, ex-executivo do Credit Suisse e CEO da GIP, no conselho e comitê executivo global da BlackRock, sinaliza uma nova fase de liderança estratégica e inovação.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado