Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Crise em Cuba: país vive escassez de notas de dinheiro

Crise em Cuba
(Foto: Yuting Gao/Pexels)

A crise econômica em Cuba atingiu um novo patamar com a grande escassez de dinheiro físico, causando impactos no dia a dia dos cubanos. A falta de notas está provocando longas filas em caixas eletrônicos, onde muitos esperam horas para sacar dinheiro, apenas para descobrir que os caixas estão vazios. Esta situação é um reflexo da inflação elevada e da desconfiança generalizada no sistema bancário cubano.

Causas da escassez

Especialistas, como o economista e professor universitário, Omar Everleny Pérez, identificam várias causas para a escassez de dinheiro físico, incluindo um déficit fiscal crescente e a retenção de dinheiro por empresários e proprietários de pequenos negócios. Estes últimos, enfrentando um sistema monetário complexo com múltiplas taxas de câmbio, preferem manter o dinheiro fora dos bancos e convertê-lo em moeda estrangeira através do mercado informal. “Há dinheiro, sim, mas não nos bancos” disse o economista a agência de notícias AF.

Impactos na população

A população cubana sofre com a inflação e a necessidade crescente de mais dinheiro físico para cobrir as despesas básicas. Em 2021, a inflação oficial era de 77%, caindo para 31% em 2023, mas na economia informal, a inflação pode atingir três dígitos. Por exemplo, o preço de uma caixa de ovos aumentou de 300 para 3.100 pesos cubanos entre 2019 e o presente. Além disso, a taxa oficial utilizada pelas indústrias e agências governamentais é de 24 pesos por dólar americano, enquanto para indivíduos a taxa é de 120 pesos por dólar. No entanto, o dólar pode valer até 350 pesos cubanos no mercado informal.

conteúdo patrocinado

Resposta do governo

Em resposta à crise, o governo cubano promoveu a transição para uma “sociedade sem dinheiro”, incentivando o uso de cartões de crédito para transações cotidianas. No entanto, muitos comerciantes ainda se recusam a aceitar cartões, complicando ainda mais a situação. Este cenário deixa muitos cubanos em uma posição precária, lutando para acessar seu próprio dinheiro e pagar por necessidades básicas.

Salário mensal Cubano

Em meio a crise de Cuba, o salário mensal dos funcionários públicos cubanos varia entre 5.000 e 7.000 pesos cubanos, entre US$ 14 e 20 dólares (entre R$ 70 e R$ 100). Pavel Vidal, especialista em Cuba e professor da Universidade Javeriana de Cali, na Colômbia, declarou a AF que “Viver numa economia que, além de ter várias moedas, tem várias taxas de câmbio e uma inflação de três dígitos é bastante complicado“.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado