Grupo Pão de Açúcar projeta capitalização bilionária

Grupo Pão de Açúcar vislumbra capitalização bilionária
(Foto: GPA/Divulgação)

Na sexta-feira (12), a ascensão do Grupo Pão de Açúcar (GPA) surpreendeu o mercado financeiro. Suas ações atingiram uma alta de R$4,03 às 13h45 (horário de Brasília). Esta valorização reflete as expectativas em torno de uma capitalização bilionária anunciada pela companhia varejista.

O movimento ocorre em um contexto onde a Casino, principal acionista do GPA, enfrenta desafios, incluindo o fechamento de lojas e a busca por alternativas para evitar calotes. A situação levou ao desenvolvimento de um plano de resgate, liderado pelo bilionário checo Daniel Kretinsky, com aprovação dos acionistas do Casino Guichard-Perrachon. As informações são do Estadão.

Este plano, antecipado em outubro, permite aos futuros controladores a oportunidade de reestruturar a dívida, ganhando aprovação da Comissão Europeia da União Europeia. O consórcio de EP Equity Investment, Fimalac e Attestor assumirá o controle, marcando uma nova fase para o grupo.

No Brasil, o GPA anunciou uma potencial oferta pública de distribuição primária de ações, estimada em R$ 1 bilhão. Esta oferta, divulgada inicialmente em dezembro, poderá resultar na diluição da participação dos acionistas que não aderirem. Essa estratégia busca equilibrar a estrutura de capital do GPA, que sob o controle do Casino desde 2012, visa diminuir sua presença no Brasil e na América Latina.

Para formalizar essa iniciativa, o Grupo Pão de Açúcar convocou uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para 22 de janeiro. Assim, será discutido o aumento do limite do capital autorizado da empresa, podendo chegar a 400 milhões de ações ordinárias. Com isso, o GPA enfatiza a importância deste passo para a realização da oferta de ações.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado