Zara volta à Venezuela após três anos

Fachada da Zara em um Shopping de Florianópolis (Foto: Divulgação)

A renomada marca de moda, Zara, planeja o retorno à Venezuela até o final do primeiro semestre de 2024, representando um retorno importante. Entretanto, a varejista havia interrompido as vendas no país há aproximadamente três anos devido à hiperinflação e à recessão econômica.

A Inditex, a empresa que controla a marca, oficializou a confirmação da reabertura da Zara. Além disso, a inauguração está agendada para ocorrer no luxuoso shopping Sambil, situado na capital, Caracas. O Grupo Futura, responsável pela operação local da franquia, assumirá a administração da primeira loja.

O retorno da Zara à Venezuela está alinhado com melhora do poder de compra dos consumidores, impulsionada pela adoção generalizada do dólar, o que auxiliou na contenção da inflação. Além disso, a redução das sanções dos Estados Unidos tem permitido um aumento nos investimentos no país.

Em 2023, a Venezuela teve um aumento na taxa de inflação, atingindo 189,9%, ou seja, uma melhora em relação aos 234% registrados em 2022. Os dados foram divulgados pelo Banco Central da Venezuela. Para o ano de 2024, o Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta um crescimento econômico de 4,5% para o país, superando as expectativas de outras nações da América, como Colômbia, Brasil, Peru, Chile e México.

Economia em 2024

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, no início do ano, anunciou expectativas otimistas para a economia do país em 2024. Durante um discurso ao Legislativo, Maduro projetou um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de cerca de 8% este ano. O anúncio veio após um crescimento de mais de 5% registrado em 2023.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado