Safra 2023/24: exportações de suco de laranja brasileiro crescem

Suco de Laranja
Suco de Laranja (Imagem: Pexels)

As exportações de suco de laranja do Brasil atingiram 543,8 mil toneladas do produto concentrado e congelado (FCOJ). O aumento ocorreu nos primeiros seis meses da safra 2023/24, ou seja, julho a dezembro de 2023. As exportações geraram uma receita de US$ 1,3 bilhão, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela CitrusBR.

Embora o volume exportado tenha diminuído 7,3% em relação ao mesmo período da safra anterior, a receita aumentou 20,7%. O crescimento nos preços do produto no mercado internacional é resultado direto da menor oferta de laranja no Brasil, causada por problemas climáticos. A atual temporada marca o quarto ano consecutivo de oferta restrita de laranja no cinturão citrícola composto por São Paulo e Minas Gerais, que é o maior do mundo.

Segundo o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), a colheita de laranja no Brasil para a safra 2023/24 deverá alcançar 307,2 milhões de caixas de 40,8 quilos, o que representa uma queda de 7 milhões de caixas em comparação com a safra anterior.

“A safra da Flórida [que abriga o segundo maior parque citrícola do mundo] é a menor de todos os tempos, e a produção brasileira está na média baixa, o que nos leva a um cenário bastante desafiador do ponto de vista de oferta de produto.”, afirmou Ibiapaba Netto, diretor-executivo da CitrusBR.

 

Europa

A Europa permanece como o principal destino das exportações de suco de laranja brasileiro. Representa 298,8 mil toneladas nos primeiros seis meses da safra. Embora esse volume tenha diminuído 10,5% em comparação ao ano anterior. A receita gerada aumentou 16,2%.

EUA

As exportações para os Estados Unidos registraram uma pequena queda de 1,2% em volume, totalizando 170,2 mil toneladas, porém, surpreendentemente, a receita aumentou  23,7%, atingindo US$ 432 milhões. O Japão acompanhou a redução no volume exportado, com uma diminuição de 5% para 13,3 mil toneladas.

Mas apresentou um aumento de 30,1% na receita, que alcançou US$ 35 milhões. Devido à escassez de oferta de laranjas no Brasil e aos estoques globais em níveis baixos, a expectativa é que os volumes de exportação continuem a cair, mantendo os preços robustos no mercado internacional.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado