Governo anuncia fundo de R$ 6 bi para setor aéreo

Governo anuncia fundo de R$ 6 bi para setor aéreo
Silvio Costa Filho, ministro dos Portos e Aeroportos (Foto: José Cruz/Agência Brasil).

Em um movimento para revitalizar o setor aéreo, seriamente afetado pela pandemia de covid-19, o Ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, anunciou uma série de medidas de apoio às companhias aéreas. Com a pandemia, as empresas enfrentaram grandes prejuízos, acumulando dívidas devido à redução significativa de voos e receitas. As informações são de Exame.

A principal medida anunciada é a criação de um fundo de financiamento, que varia entre R$ 4 bilhões e R$ 6 bilhões. Esse fundo, com a participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), tem como objetivo proporcionar às companhias aéreas o acesso a crédito para que possam se capitalizar, fazer novos investimentos, refinanciar dívidas e comprar novas aeronaves.

Além disso, o governo planeja reduzir o custo do querosene de aviação, um dos principais gastos das companhias aéreas. Essa redução será discutida em uma reunião na próxima semana, em parceria com a Petrobras. A medida visa diminuir as despesas operacionais e tornar as passagens aéreas mais acessíveis.

A proposta coincide com o lançamento do programa “Voa Brasil”. O objetivo é oferecer passagens com desconto para a população de baixa renda, com preços que podem chegar a até R$ 200 por trecho. A expectativa é que essa ação incentive as viagens aéreas dentro do país e auxilie na retomada do turismo interno.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado