TAP bate recorde com 91 voos semanais para o Brasil

(Foto: divulgação)

A TAP, a segunda maior companhia aérea em operação de voos internacionais para o Brasil, alcançou um marco ao registrar um recorde de 91 voos semanais entre o final de março e início de setembro, ultrapassando assim os 81 voos do mesmo período do ano anterior. Além disso, Luís Rodrigues, presidente da TAP, sinalizou que, embora este sucesso seja importante, futuros aumentos na quantidade de voos apresentarão desafios substanciais. Isso se deve, principalmente, à reestruturação em curso na empresa e à restrição imposta que impede a expansão da sua frota até 2025.

Debates sobre Privatização

A privatização da TAP se tornou um tópico de amplo debate, aguardando a definição após as eleições para primeiro-ministro de Portugal em 10 de março, conforme publicado pelo Valor Econômico. A venda ao setor privado é considerada essencial por analistas, face à necessidade da empresa por capital e novas aeronaves.

Frota Estagnada até 2025

“Até o fim de 2025, nossa frota não pode crescer, temos entregas de novas aeronaves, mas em substituição das antigas”, disse Rodrigues. Atualmente, a TAP opera com 98 aviões e contribuiu com 10,6% da demanda internacional por transporte, conforme dados da ANAC, ficando atrás da Latam.

Foco no Brasil

O Brasil se destaca como foco principal da TAP, representando 30% do seu faturamento. A empresa conseguiu elevar sua oferta para o Nordeste em novembro, adaptando-se aos cancelamentos de voos para Tel Aviv devido a conflitos. Hoje, Recife e Fortaleza recebem 10 e 9 voos semanais, respectivamente.

Parcerias Estratégicas

A TAP mantém parcerias de compartilhamento de assentos com as brasileiras Azul e Gol. Apesar da recuperação judicial da Gol nos Estados Unidos, as operações entre as companhias permanecem inalteradas.

Condições da Comissão Europeia

A limitação de crescimento da frota até 2025 foi uma condição imposta pela Comissão Europeia para aprovar o plano de reestruturação da TAP em 2021, que incluiu uma injeção de € 3,5 bilhões.

Lucro Recorde e Perspectivas

No terceiro trimestre, a TAP registrou um lucro recorde de € 180,5 milhões. Sathish Sivakumar, do Citi, vê um momento positivo para a rota entre América Latina e Portugal, destacando a necessidade de aporte para a TAP, com potencial interesse de grupos como Air France-KLM e Lufthansa.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado