Pesquisar
Close this search box.

Whatsapp tem mudanças na União Europeia, entenda os riscos

whatsapp mudanças
(Foto: Anton/Pexels)

As mudanças na política do WhatsApp, impulsionadas pela Lei de Mercados Digitais da União Europeia, estão prestes a transformar o uso do aplicativo de mensagens para usuários na Europa, com implicações potenciais para usuários globais. A partir de 11 de abril, o WhatsApp exigirá que seus usuários na União Europeia (UE) aceitem novos termos de serviço, sob pena de perderem suas contas caso não o façam. Estas atualizações visam a permitir a interoperabilidade com plataformas de terceiros e a ajustar a idade mínima dos usuários para 13 anos, sem um compartilhamento adicional de dados pessoais com a Meta ou outras plataformas.

Interoperabilidade e desafios de privacidade

O aspecto potencialmente controverso dessas mudanças é a interoperabilidade (processos que permitem que diversos sistemas conversem entre si e compartilhem informações em tempo real) com chats de terceiros. Embora a Meta tenha desenvolvido uma solução de segurança utilizando a criptografia do Protocolo Signal, a falta de controle sobre os pontos de extremidade por parte da empresa significa que não pode garantir a mesma proteção aos usuários que comuniquem com provedores terceirizados. Essa incerteza quanto à privacidade das mensagens enviadas ou recebidas através de chats de terceiros representa um desafio para o WhatsApp, que sempre priorizou a segurança e a privacidade dos usuários.

Ação requerida dos usuários

Os usuários do WhatsApp na UE são aconselhados a proceder com cautela ao interagir com plataformas de terceiros e a estar atentos às informações que serão disponibilizadas sobre como podem ser encontrados através desses aplicativos. A decisão de aceitar os novos termos até 11 de abril de 2024 é essencial, pois a não aceitação resultará na perda de acesso à conta.

Atenção global e alerta de segurança

Embora as mudanças se apliquem diretamente aos usuários na UE, os efeitos repercutem globalmente, servindo como um lembrete para todos os usuários do WhatsApp para permanecerem vigilantes quanto a tentativas de golpe e fraudes que podem surgir como resultado das atualizações. É provável que surjam campanhas enganosas, prometendo integração com outras plataformas ou alegando oferecer proteção adicional para as contas dos usuários. É essencial ignorar tais comunicações e evitar clicar em links suspeitos ou instalar aplicativos não oficiais.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado