Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Deseja vender ao setor público? Entenda a nova lei de licitações

Deseja vender ao setor público? Entenda a nova lei de licitações
(Foto: Artem Podrez/Pexels).

A participação em licitações públicas, apesar de oferecer grandes oportunidades de expansão para empresas de todos os portes, era complicada devido a procedimentos burocráticos e muitas vezes inacessíveis, especialmente para PMEs. Visando modernizar e tornar mais inclusivo o processo de contratações públicas, foi implementada uma reforma legislativa.

A Lei nº 14.133/21 estabelece um novo marco legal para as licitações e contratos públicos. Esta legislação vem responder à necessidade de inclusão de pequenas e médias empresas (PMEs) nos processos de compras públicas. Com essa reformulação, há uma reestruturação nos procedimentos que regem as aquisições de bens e serviços pelos entes públicos, aplicando-se a todas as esferas da administração pública, exceto para empresas públicas e sociedades de economia mista.

Digitalização e transparência

Sob a nova lei, todos os processos de licitação devem ser conduzidos eletronicamente. Antes facultativo, o uso de plataformas digitais para licitações agora é mandatório, abrangendo áreas anteriormente restritas a procedimentos presenciais, como obras de engenharia e serviços especializados. Leonardo Ladeira, CEO do Portal de Compras Públicas, destaca ao UOL a importância dessa mudança. “A transição para o digital não apenas aumenta a transparência, mas também amplia o acesso às oportunidades de licitação para empresas em todo o país.”

conteúdo patrocinado

Modalidades e procedimentos ampliados

A legislação introduz maior diversidade nas modalidades de licitação, como pregão, concorrência, leilão, concurso e diálogo competitivo, este último essencial para projetos que exigem soluções inovadoras. Além disso, há cinco procedimentos auxiliares que apoiam a realização dessas modalidades, como credenciamento e sistema de registro de preços, que facilitam a preparação e execução das licitações.

Flexibilização nas pequenas compras

A lei agora permite a dispensa de licitação para compras até o limite de R$ 59,9 mil, valor ajustável anualmente. Este aumento substancial em relação ao teto anterior de R$ 17,6 mil propicia a pequenas empresas uma participação mais ativa e menos burocrática no mercado de contratações públicas.

Responsabilização

Houve uma mudança na tipificação das infrações, que passaram de civis para penais, refletindo uma abordagem mais rigorosa quanto à conduta e às responsabilidades de todos os envolvidos nos processos licitatórios.

Acesso centralizado às oportunidades

Com a criação do Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP), todas as informações sobre licitações estão agora centralizadas em um único lugar, facilitando o acesso e acompanhamento por empresas de todos os portes.

Melhor planejamento

A nova lei exige que os órgãos públicos publiquem seus planos de compras, proporcionando às empresas uma visão antecipada das oportunidades futuras, permitindo um planejamento mais eficaz e estratégico para participação nos certames.

Como participar

Para se adaptar ao novo ambiente de licitações, as empresas precisam manter a documentação atualizada e monitorar constantemente os editais e atualizações no Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP). Compreender cada fase do processo licitatório e os requisitos de cada licitação é fundamental para melhorar as chances de sucesso em competições por contratos públicos.

Além disso, para quem deseja fazer parte, é importante estar atendo aos editais e os respectivos prazos. Eles são regularmente publicados em portais governamentais como o Portal de Compras do Governo Federal.

Para iniciar a participação, as empresas devem se registrar no PNCP, acessar os editais disponíveis e seguir as instruções específicas para envio de propostas. Além disso, é recomendável buscar treinamentos ou consultoria especializada para navegar melhor pelo processo de licitações públicas. Podendo até fazer contratações na empresa exclusivamente para tratar de licitações.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado